Projeto social promove a prática de esporte em Itabirito

25/04/2017 (18:00)

Projeto Evolução Muay Thai atende crianças e adultos da cidade (Divulgação)

Com o objetivo de incentivar crianças e adolescentes a praticarem de esporte, o projeto social Evolução Muay Thai tem realizado um trabalho de cidadania e inclusão esportiva dedicado a crianças e adolescentes de Itabirito. O programa, criado em outubro de 2016, tem o objetivo de tirar jovens da rua e promover valores disseminados pelas artes marciais.

O projeto

Seu idealizador é Wanderson Michel de Jesus Silva, conhecido como ‘Shaolin’ campeão mineiro e Brasileiro de muay thai na categoria 74Kg e, atual campeão do Fortuna Fighters Championship, entre outros campeonatos profissionais.

O projeto social Evolução atende, atualmente, cerca de 40 crianças e adultos de toda a cidade. As aulas acontecem de segunda a quinta-feira, das 19 às 21h, no salão comunitário do bairro São José. Crianças e adolescentes com faixa etária ente 7 e 17 anos participam gratuitamente.

O Evolução nasceu com o intuito de tirar crianças e adolescentes da rua e, apresentá-las um esporte que as incentive a evoluir como cidadãs. “O nome evolução veio justamente do objetivo do meu projeto, que busca oferecer uma evolução não só no corpo, através de uma modalidade esportiva, mas também na mente, pois o esporte traz a cada praticante disciplina, não só durante a pratica esportiva, mas também para a vida”, declara Wanderson Michel de Jesus Silva, idealizador do Evolução Muay Thai.

Na foto , Wanderson Michel, ‘Shaolin’, atual campeão do Fortuna Fighters Championship (Divulgação)

Algumas artes maciais, entre elas o Muay Thai, carregam o estigma de serem práticas esportivas violentas e, por isso, é necessário um conhecimento da modalidade que segundo Wanderson Michel é justamente o contrário. “Consideramos esse esporte como competitivo, trabalhamos em cima da vontade de vencer, porém, por ser um esporte de contato, algumas pessoas acreditam ser uma pratica agressiva. Isso precisa ser desmistificado, o Muay Thai fortalece o autocontrole e disciplina dento e fora do ringue”.

Paulo Ferreira, aluno do projeto Evolução, complementa ressaltando a importância de projetos sociais como este. “O projeto Evolução é importante para apresentar a arte marcial para aqueles que nunca tiveram a oportunidade de conhecer, tirando também o estigma de que é um esporte violento e mostrando que o esporte produz disciplina, além de apresentar uma outra cultura, no caso, a tailandesa”.

O Evolução Muay Thai está apenas no início mas, os planos de Wanderson são ambiciosos. Ele pretende expandir o programa para que haja outras modalidades esportivas como o MMA, além de teatro e dança.

Entenda o Muay Thai

Acredita-se que o Muay Thai tenha se originado no processo de formação da nação que hoje é a Tailândia. O objetivo inicial da luta era defender o povo tailandês dos constantes ataques de bandidos durante a busca de novas terras para habitarem. Para isso, faziam uso de algumas armas como facas, lanças, flechas, etc.

Da direita para esquerda: Raiuga de Souza e Paulo Ferreira, aluno no Evolução (Divulgação)

Com as transformações e aperfeiçoamento do método de luta, foi proibida a utilização de qualquer arma que não fosse o próprio corpo. As técnicas de ataque e defesa ensinadas no Muay Thai são conhecidas como “arte dos oito membros”, pois o praticante pode utilizar as mãos, os cotovelos, as pernas e os pés para atacar o adversário.

Além da Tailândia, o Muay Thai se tornou um esporte popular em países como Brasil, Estados Unidos, França, Holanda, Inglaterra, Japão, entre outros. É um estilo de arte marcial cada vez mais procurado nas academias por homens e mulheres que pretendem manter a saúde do corpo e da mente.