Lô Borges e Marcelo Veronez se apresentam na Casa da Ópera nesta sexta

19/05/2017 (10:53)

O show de Lô Borges irá comemorar seus 45 anos de carreira (Flávio Charchar)

O projeto Música na Casa da Ópera terá mais duas apresentações neste final de semana em Ouro Preto. Na sexta-feira, 19 de maio, o mais antigo teatro em funcionamento da América Latina recebe o cantor Lô Borges, que trará os sucessos do seu primeiro trabalho solo, intitulado “Disco do Tênis”, lançando em 1972. O concerto está planejado para começar às 20h30.

No sábado, dia 20 de maio, a atração fica por conta do cantor, ator, diretor teatral e performance Marcelo Veronez. O artista já é considerado um clássico nas noites belorizontinas e contará com a participação especial de Juliana Perdigão. O evento também está marcado para as 20h30.

Toda a comunidade está convidada! A Casa da Ópera fica situada na Rua Brigadeiro Musqueira, 128, Centro. Os ingressos estão sendo vendidos através do site www.sympla.com.

Projeto Música na Casa da Ópera

Em abril deste ano, as Secretarias de Cultura e Patrimônio e de Turismo, Indústria e comércio deram início ao projeto Música na Casa da Ópera, que traz uma série de shows com artistas consagrados da música nacional, com o objetivo de marca a reabetura do teatro.

Até o momento, já se apresentaram a banda Coutto Orchestra e o cantor Silva. Para junho, está programado o grupo musical Bahias e a Cozinha Mineira no dia 01, e Gui Amabis no dia 2.

O Projeto Música na Casa da Ópera é realizado pela Un Music e patrocinado pela OI, pela Lei Estadual de Incentivo a Cultura do Estado de Minas Gerais.

Lô Borges

O show de Marcelo Veronez traz uma releitura dos clássicos de Erasmo e Roberto (divulgação)

Conhecido como um dos principais nomes da cena musical mineira e nacional, o artista coleciona hits e histórias para contar em seus mais de 45 anos de carreira. O músico irá apresentar nesta sexta, o show do seu “Disco do Tênis”, lançado há 45 anos. O disco traz canções que são como haicais, pensamentos e devaneios.

Marcelo Veronez

Entre seus trabalhos de maior repercussão está o espetáculo “Os Saltimbancos”, produzido pela Fundação Clóvis Salgado (Palácio das Artes), em 2011. O artista está há mais de sete anos em cartaz com o show “Não sou nenhum Roberto”, no qual interpreta canções do Rei com uma pegada mais alto astral e contagiante. O show de rock melodramático traz versões dançantes e sexualizadas das músicas de Erasmo e Roberto Carlos e outros compositores.

Redação: Ascom/PMOP