Entretenimento

Parque Ecológico recebe exposição pelo Dia da Reciclagem

Exposição de artigos produzidos a partir de materiais reaproveitados é atração no Parque.

O Parque Ecológico recebeu uma exposição de artigos produzidos a partir de materiais reaproveitados, pelo Dia Internacional da Reciclagem, comemorado em 17 de maio. Fabricados por um grupo de artesãos de Itabirito, pneus, pallets, retalhos de capotaria e tubos de PVC foram transformados em objetos como poltronas, floreiras, luminárias, bancos, bolsas, entre outros.

Nossa intenção é retirar o lixo, colaborando com o meio ambiente. A gente recolhe pneus em borracharias, higieniza e transforma em peças utilitárias e decorativas“, destaca Andréia Viana, que iniciou o projeto ao lado do marido Aguinaldo Melo. Hoje, a loja Planeta Melhor – Casa e Jardim, no bairro Gutierrez, abre espaço para outros artesãos exporem e comercializarem seus trabalhos.

Com finalidade educativa, a exposição reuniu itabiritenses de diversos bairros e faixas etárias ao longo do Dia Internacional da Reciclagem. No turno da tarde, alunos da Escola Estadual Engenheiro Queiroz Junior realizaram visitas acompanhados de seus professores. A produção dos artesãos chamou a atenção até mesmo de quem tem o Parque Ecológico como local de trabalho.

Esse trabalho de reaproveitamento é muito importante, porque os materiais ganham maior tempo de vida útil, antes até mesmo de irem para a reciclagem. O reaproveitamento é um componente essencial na gestão moderna de recursos e o terceiro dos 5Rs, série de práticas que visam reduzir a geração de resíduos“, destaca Luciano Moreira, tratador de animais.

Artesãos itabiritenses realizaram exposição no dia 17 (Divulgação PMI).

Geração de renda

A programação foi idealizada pela equipe do Centro de Educação Ambiental (CEA), coordenada por Fabíola Nonato, em conjunto com a administração do Parque. “Queríamos uma atividade que mostrasse à sociedade o trabalho de reciclagem, parte importante da sustentabilidade que a gente procura. Além da beleza, os objetos utilizam materiais que seriam descartados em lixões e geram renda“, explica Laura de Matos Evangelista.

A iniciativa foi exaltada pela artesã Andréia Viana: “Agradecemos à Prefeitura de Itabirito, à Secretaria de Meio e Ambiente e à coordenação do Centro de Educação Ambiental pela oportunidade de expor e divulgar nossos produtos“.

Tags

Jornalismo - Sou Notícia

Entre em contato com a equipe de jornalismo do portal Sou Notícia: jornalismo@sounoticia.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *