Comportamento

Cuidados com os animais no inverno

Veterinária da Clínica Fauna dá dicas para proteger os animais do frio.

O clima está bastante frio e tem afetado a todos. Mesmo possuindo pelos, os animais também sofrem com as baixas temperaturas. Cães e gatos, por exemplo, desenvolvem mais facilmente doenças como gripe, resfriado e problemas respiratórios no inverno.

Pensando nisso, o Sou Notícia conversou com a proprietária e veterinária da Clínica Fauna, Cláudia Cotta, que também é integrante da Ong Vidanimal, para entender melhor quais são os cuidados necessários para os animais nesta época do ano.

De acordo com Cláudia, os cuidados devem ser tomados com todos os animais, pois todos sentem frio. “Uns tem mais resistência, outros menos. Inclusive os cachorros: tem cachorro mais rústico e cachorro mais frágil. Então nós temos os cuidados de prevenção das doenças respiratórias, que é uma coisa muito séria. Tem a gripe canina; cinomose; doenças graves que são prevenidas com vacinação. E também os cuidados de proteção: roupa, se for o caso, em cachorros de pelo curto; manter o cão num local coberto ou com acesso a um lugar coberto. Porque o cachorro que fica solto pode ir e vir, mas ele tem que ter direito a um abrigo coberto; um piso protegido; o cachorro que é acostumado a ficar dentro de casa tem que ser mantido dentro de casa nessa época; evitar sair nas horas mais frias, principalmente na parte da manhã, porque o ar muito frio predispõe as doenças respiratórias; não possibilitar a entrada na água, porque isso pode causar resfriado; se molhar, deve secar; a pelagem deve ser mantida nessa época mas, se o pelo tiver muito embolado, é preciso tosar porque isso vai impossibilitar a pele de respirar; e usar roupa”, afirma Cláudia, que revela também que os cachorros peludos têm uma proteção a mais em relação aos cães de pouca pelagem.

Já no caso dos gatos, segundo a veterinária, é um pouco diferente. “Os gatos não se ajeitam muito com panos. Eles gostam mais de tocas. Então, uma dica é favorecer os gatinhos de rua, colocando uma caixinha de papelão porque eles gostam dessas caixinhas e elas são uma espécie de abrigo. Nessa época do ano a demanda por alimentos é maior e eles têm mais necessidades de receber calorias. Isso não quer dizer que é preciso exagerar na alimentação, porque senão vai engordar os animais”.

Nesta época do ano, muitos animais morrem por causa do frio. É o que conta Cláudia: “Os animais morrem muitas vezes por causa dos problemas respiratórios. Se essas doenças não são prevenidas com vacinas específicas, os animais gripam e resfriam. Podem pegar pneumonia e morrer. Nessa época do inverno também tem mais carrapatos”.

Para o gado, é preciso evitar o frio da manhã. “Se a vaca for ordenhada muito cedo, não pode ir direto pro pasto. É bom também ter o abrigo. O orvalho da manhã, principalmente para os bezerros e cavalos, é perigoso porque eles são muito sensíveis às doenças respiratórias e ao frio. Recomendo evitar cavalgadas no frio e outros cuidados de respeito ao animal”.

A Ong Vidanimal existe desde 2006 e trabalha para minimizar a situação de risco para os animais. Cláudia conta como foi o processo para criar a organização: “Nosso registro como Ong é desde 2006. Temos 12 anos de atuação e conseguimos fazer muitas ações, como as castrações, adoções e todo um trabalho de conscientização”.

“Contamos com o apoio da prefeitura e Itabirito tem uma diferença em relação a nossa região exatamente por causa disso. Esperamos que jovens e outras pessoas se comprometam com essa proteção animal, dentro do seu próprio convívio com os animais e também com os animais de rua. Uma das parcerias com a prefeitura é o canil municipal, que aliás está com super população pelo fato da baixa taxa de adoção. É possível adotar os cães todo sábado, a partir da parceria que é feia com a Nutrito, em frente ao canteiro na Praça da Estação. Basta ter 21 anos, comprovante de endereço e é feita uma entrevista porque nosso objetivo não é empurrar o cachorro para os outros e sim que a pessoa tenha responsabilidade”, finaliza Cláudia.

Tags

Jornalismo - Sou Notícia

Entre em contato com a equipe de jornalismo do portal Sou Notícia: jornalismo@sounoticia.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *