Geral

PM desmonta quadrilha de assaltantes em Itabirito

Cinco suspeitos foram encontrados pela Polícia Militar após série de crimes.

Após registros de três roubos à taxistas em menos de 10 dias em Itabirito, a Polícia Militar (PM) conseguiu desmontar uma quadrilha formada por cinco pessoas que foram acusadas de várias crimes. A operação começou no dia 04, quando a viatura do 2º Tenente Peterson Marques foi abordada por um taxista, que relatou ter recebido uma proposta de corrida até o bairro Munu, mas suspeitou ser da mesma quadrilha (os dois últimos roubos, nos dias 24 e 30 de maio, teriam iniciado a partir de uma ligação com pedido de corrida para o bairro).

O taxista forneceu o número que a mulher teria solicitado a corrida e a PM identificou a suspeita pelo WhatsApp. Diante das imagens, as vítimas do grupo reconheceram a autora dos crimes, uma menor de idade chamada TVSM, e as investigações levaram ao parceiro da jovem, Dener Junior Sudário, já conhecido no meio policial por envolvimento em roubos anteriores na cidade.

Tenente Peterson comandou as operações da PM (Foto: Sou Notícia).

Com o compartilhamento das informações dentre os taxistas, a PM recebeu nova denúncia de tentativa de roubo e, desta vez, o taxista apontou o menor PH como suspeito, o rapaz de 17 anos já era fichado por tráfico de entorpecentes.

As prisões

Com as identidades de parte da quadrilha em mãos, a PM mobilizou uma operação para abordagem simultânea dos suspeitos. Na tarde de quarta-feira, PH foi abordado em casa, no bairro Meu Sítio. Dener Sudário foi visto no terreiro de sua residência, no bairro Padre Adelmo, mas fugiu ao perceber a aproximação policial. O rapaz foi perseguido pelo 3º Sgt Pedro Bastos, mas conseguiu atravessar a avenida e pular no rio, chegando à Rua Engenheiro Simão Lacerda, onde não foi mais localizado.

Em conversa com familiares de Dener Sudário, os PMs foram em busca da menor que era cúmplice dos crimes, mas não a localizou nos locais apontados.

PH assumiu a autoria dos assaltos, descrevendo a dinâmica das ações. Contou ainda que outro menor, nome MJ, o auxiliou nos crimes; o rapaz também é conhecido no meio policial como autor de tráfico e logo foi localizado e abordado pelos oficiais. MJ alegou que agiu com um outro parceiro, de apelido “Paulista”, já apontado em roubos anteriores. “Paulista” foi abordado, em casa, e negou participação.

Por fim, a PM conseguiu desmantelar a quadrilha, identificando uma moça e quatro rapazes envolvidos. Contudo, a arma utilizada no crime e os produtos roubados não foram encontrados. A PM ressalta que a ações envolvendo os menores foram devidamente acompanhadas pelos respectivos representantes legais.

Tags

Jornalismo - Sou Notícia

Entre em contato com a equipe de jornalismo do portal Sou Notícia: jornalismo@sounoticia.com.br

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *