Opinião

TV Record x Rede Globo

Enquanto uma exalta os valores de família, a outra procura destruí-los.

Século XXI. Tivemos a chance de ver a passagem do século e pensávamos que haveriam mudanças significativas, e que essas mudanças mudariam a vida das pessoas para melhor. Pensávamos, mas estávamos enganados.

O novo milénio veio com um pacote de maldades, decepções, de crueldades sem limites. Junto com ele, o mal, que sempre agiu de maneira sorrateira, progrediu, evoluiu, se tornou mais forte.

Em todas as partes do planeta, guerras intermináveis ceifa a vida de inocentes e as instituições que deveriam tomar uma iniciativa, tal como a ONU, faz parte, infelizmente, dessa desordem que se espalha mundo afora.

No Brasil nada mudou. Muito pelo contrário. Descobrimos que nossas instituições estão apodrecidas, repletas de seres das trevas que zelam apenas pelos seus interesses corporativistas. E a grande mídia, é nos dias de hoje, a grande responsável pela disseminação das ideias que são projetadas nas mentes das pessoas, com pensamentos errôneos no que tange a compreensão do mundo como deveria realmente ser. Porém, uma mudança está acontecendo.

O que está mudando na mídia?

Até pouco tempo, a Rede Globo de Televisão era a referência que tínhamos em termos de jornalismo, novelas, seriados etc. Era referência.

Hoje, essa emissora é sinônimo de destruição familiar, incentivo a violência, decadência moral, manipulação das massas e por ai vai. Uma emissora que tem a sua frente, uma grande maioria de profissionais completamente voltados para os pensamentos perniciosos. É obvio que eles têm um objetivo. Para se controlar a massa, é necessário dividi-la. E nisso, eles são catedráticos.

Mas eis que novamente surgiu a TV Record e dessa vez, sob o comando de Edi Macedo. O mesmo Bispo da “Igreja Universal do Reino de Deus” tão criticado, e até mesmo por mim.

Essa “nova” TV Record, tem sido o “oposto” da Globo. E não perde nem mesmo para o jornalismo. Possui profissionais capacitados e comprometidos principalmente com o maior tesouro de uma nação que é a “Família”.

Reprodução.

Um comparativo:

Ainda na data de hoje (24/07/2018), recebi um vídeo pelas redes sociais de uma senhora, inconformada com o que estava assistindo na Rede Globo, no Programa de Fátima Bernardes. Segundo ela, estava sendo entrevistada uma pessoa que não somente falava das “drogas” de maneira a não considera-la nociva na maioria dos casos, como ainda abordava sobre o tema da educação familiar, respondendo a perguntas como “se deve ou não se deve um pai, mexer nos pertences do filho”.

Ora, como posso educar meus filhos sem saber o que eles fazem? Devo entrega-los a sorte? Quem deve educar é o governo ou a sociedade, e não a família? Que classificação podemos dar a um programa que até pouco tempo, incriminava policiais e exaltava o bandidos?

O certo é que a Rede Globo não somente na maioria de seus programas, mas principalmente em seriados e nas novelas que produz, dissemina o pior do ser humano, incentivando-o a promiscuidade e maldades, como se tudo fosse normal.

Já por outro lado, ainda hoje, a Rede Record de Televisão estreia mais uma superprodução que merece nosso destaque e elogios, até mesmo pela história que é de “Jesus de Nazaré”. Obviamente, dispensa comentários se formos comparar com os lixos de novelas da Rede Globo, onde existe ainda raras exceções de boas produções.

Podemos concluir que o papel da TV Record, é o inverso da Rede Globo. Dito isso, creio que os maiores investimentos das empresas em TV, deveriam ser direcionados à essa emissora que considero como sendo a salvação da nossa grande mídia.

Independente das opiniões religiosas a que pertence a Rede Record de Televisão, ela é hoje, sem dúvidas, o símbolo verdadeiro da família brasileira, que verdadeiramente nos representa. O orgulho de uma imprensa que não divide, mas soma.

Vale a pena conferir e assistir essa nova produção da Record. E nunca se esqueçam dessa frase: “Você é, o que você assiste”. O texto é de Marcílio Maran, para o Portal Primeira Linha Online. 

Tags

Jornalismo - Sou Notícia

Entre em contato com a equipe de jornalismo do portal Sou Notícia: jornalismo@sounoticia.com.br

Artigos relacionados

2 Comments

  1. Ainda acho a Record, muito parecida em alguns termos, como por exemplo: a fazenda e Xuxa.
    Não é necessário esse tipo de reality e dona Xuxa, já mostrou quem é!
    Por outro lado, as novelas com temas bíblicos é muito importante e dou parabéns!

  2. Quero parabeniza – lo pelo “Comentário” se assim posso dizer. Tenho um companheiro de trabalho, que se alguém disser que a emissora em tela é tudo isso e muito mais, o referido companheiro é capaz de brigar.Parabéns pela Crítica e pela Informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *