EntretenimentoGeral

Festival Internacional de Corais anima público em Itabirito

Evento reuniu corais de diversos estados, além de grupo mexicano, no Complexo Turístico da Estação.

O Festival Internacional de Corais, Bandas e Congados – FIC movimentou o Complexo Turístico da Estação na última sexta-feira, dia 21 de setembro, abrilhantando a comemoração dos 95 anos de Itabirito.

Com mais de uma dezena de apresentações, de diversos estados do Brasil, além do grupo vocal asteca Conpazz Ensamble, do México, a programação agradou a todos os gostos.

“Já cantei e participei do FIC como coralista. Acho importantíssimo para a cidade ter eventos dessa magnitude, que reúne culturas diferentes, de outros países, de outros estados”, afirmou o itabiritense Túlio Campos. “Achei o festival muito interessante”, acrescentou o equatoriano David Sisa, que marcou presença em Itabirito depois de ter conhecido o FIC pela internet.

Corais e artistas comemoram iniciativa

A noite de homenagem aos povos nativos foi encerrada ao som dos grandes sucessos do show Marcus Viana – Transfonika orquestra e coral 200 vozes. “A gente deve reconhecer e apoiar todas as manifestações que envolvam associações humanas que se reúnem para cantar. Olha que coisa bonita”, comentou o compositor de trilhas sonoras de novelas como O Clone, Pantanal e Xica da Silva.

“Como militante da cultura, profissional da área de canto coral, trazer iniciativas como essa para Itabirito significa também reconhecer o trabalho que é feito aqui há muitos anos por vários corais. É um momento muito importante e de incentivo para o nosso trabalho”, argumentou Filipe Nolasco, maestro do coral local Novo Tom.

A oportunidade também foi exaltada por Fidel Montes, do mexicano Conpazz Ensamble. “Essa é uma festa musical em que não importa de que país você é. O que importa é vir e celebrar a vida, a esperança e, claro, os 95 anos dessa bela cidade. O FIC tem o propósito de sensibilizar as pessoas, de aproximar o canto coral e a cultura do povo”, destacou.

Coordenador exalta laços com Itabirito

Coordenador do FIC, o maestro Lindomar Gomes fez questão de valorizar o protagonismo da cidade no cenário cultural. “A gente tem que agradecer muito a Itabirito pela visão plural de cultura. O canto coral é um movimento integrador, corais de norte a sul do Brasil estão presentes e estamos encantados com o padrão de organização da cidade: impecável”.

Tags

Jornalismo - Sou Notícia

Entre em contato com a equipe de jornalismo do portal Sou Notícia: jornalismo@sounoticia.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *