EsporteGeral

Itabirito tem sua primeira mulher medalha de ouro em campeonato nacional de Boxe

Competição teve três representantes do município no local mais alto do pódio na modalidade.

Itabirito tem sua primeira campeã nacional de Boxe Chines. Andreia Maura de Lima, praticante há 4 anos na Academia Sport Defense, conquistou uma medalha de ouro e uma de prata durante o Campeonato Brasileiro de Sanda – Boxe Chinês, que aconteceu em Pouso Alegre, no dia 17. “Eu treino na Sport Defense há alguns anos como uma forma de me manter ativa. Com o tempo, fui evoluindo e senti vontade de competir. Agora, estou orgulhosa e agradecida por ter merecido essas duas medalhas. O esporte em Itabirito só tem a crescer e eu quero contribuir com isso”, destaca Andreia Lima.

A cidade ainda marcou presença com os esportistas Luiz Paulo Serra e Lucas Fidelis Soares, que também subiram no lugar mais alto do pódio. “Trazer tantas medalhas para o esporte da região é o resultado de muita dedicação dos mestres e alunos. Itabirito vem se destacando a cada competição, e ver nossos representantes no lugar mais alto do pódio mostra que estamos no caminho certo”, avalia Douglas Rosendo, Mestre em Artes Marciais e proprietário da Academia Sport Defense, onde o trio medalhista realiza seus treinos.

A competição nacional foi uma organização da Confederação Brasileira de Boxe Chinês e Liga Latino Americana de Sanda, que reuniu centenas de esportistas de todo o país para a realização de um sábado inteiro de disputas. “Foi o maior campeonato de Sanda já disputado pela Sport Defense, a nível nacional e com visibilidade internacional. Então é uma conquista imensurável sair de lá com três campeões”, destaca o mestre.

Para estarem aptos a brigar – literalmente – pelos lugares mais altos do pódio, Douglas Rosendo explica que sua academia disponibiliza treinos especiais para quem decide competir. É o PTA – Programa de Treinamento para Atletas, em que os três medalhistas se empenharam para trazer o ótimo resultado para Itabirito. “Não é fácil se dedicar a um esporte, principalmente para uma mulher, que ainda precisa trabalhar, cuidar da casa e dos filhos. Mas eu encarei o desafio e tem mais gente talentosa na academia que ainda terá essa felicidade que tenho hoje: trazer duas medalhas para casa”, conta Andreia.

Andreia e o Mestre Douglas Rosendo (Sport Defense).

Andreia e sua paixão pelo esporte

Como grande parte das mulheres, Andreia entrou na turma de Boxe Chinês procurando uma forma de praticar atividade física. Em janeiro deste ano, ela ingressou no PTA, que conta com uma equipe interdisciplinar (nutricionista, couchs, aulas personalizadas, avaliação física, entre outros) na preparação dos esportistas. “Se me dissessem que um dia eu iria competir, eu duvidaria. Entrei para a Sport Defense, porque queria me exercitar de forma mais dinâmica, sem a rotina da musculação, e com resultados mais rápidos. O Boxe Chinês entrou na minha vida assim e hoje é minha paixão”, revela a medalhista.

O Mestre Douglas Rosendo conta que disponibiliza turmas para pessoas que desejam ingressar em uma prática esportiva dinâmica e com rápidos resultados para o corpo e a mente. “Uma das turmas mais concorridas é a do Cross Fight. É uma forma de adquirir mais preparação física, aumentar a performance, ganhar mais destreza, força, resistência; além de perder medidas, que é o que muito aluno tem como objetivo”, explica.

Andreia intercalou o Cross Fight com os treinos de Boxe Chinês e do PTA durante três meses para melhorar seu rendimento. “Eu comecei a ir todos os dias na academia e meu desenvolvimento foi um verdadeiro trabalho em conjunto. Meus colegas de turma me ajudaram a superar meus limites, ficar mais preparada para competir”, conta a esportista, que ainda completa: “Também, o Mestre Douglas foi fundamental, pois ele está sempre atento à técnica do esporte, independente se você é um iniciante ou se pratica há uma década. Esse profissionalismo dele que me fez apaixonar pelo esporte”.

Por fim, Andreia manda um recado para as mulheres de Itabirito: “Acreditem no potencial de vocês. A nossa vida é sempre muito corrida, mas cada hora dedicada a nossa saúde vale a pena. Espero que essas medalhas tragam mais mulheres para as aulas. Espero vocês!”. Para mais informações sobre como aprender a prática esportiva, entre em contato com o Mestre Douglas Rosendo pelo telefone (31) 98684-5412 ou acesse: www.academiasportdefense.com.br.

Andreia e suas medalhas (Sport Defense).
Tags

Jornalismo - Sou Notícia

Entre em contato com a equipe de jornalismo do portal Sou Notícia: jornalismo@sounoticia.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale com Sou Notícia