Geral

Bombeiros e Guarda Municipal de Itabirito realizam palestra em Cachoeira do Campo

A proposta foi conscientizar funcionários de um supermercado sobre segurança no trabalho e no trânsito.

A Guarda Civil Municipal de Itabirito (GCMI) foi prestigiar os Bombeiros de Itabirito numa palestra em Cachoeira do Campo, distrito de Ouro Preto, na manhã desta terça-feira (22),  sobre questões relacionadas à Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (Sipat) e aproveitou para  complementar falando sobre o Movimento Maio Amarelo.

A  instituição apresentou a proposta do Maio Amarelo para funcionários da rede de supermercados Farid, com o intuito de promover uma conscientização  sobre a segurança no trânsito e o respeito às leis. Foi abordado o alto índice de mortes anualmente por acidentes de trânsito e os dados na cidade, sendo que, somente no ano passado, foram 39 atropelamentos, 90 acidentes de bicicleta, 122 atendimentos em acidentes com motociclistas e 149 com veículos leves.

Instruções como prestar atenção na sinalização de trânsito, atravessar na faixa de pedestre foram passadas para os funcionários do Farid. Além, é claro, de recomendações para quando estiverem dirigindo ou como passageiros no veículo, que tenham atenção para o uso do cinto de segurança para evitar acidentes e mortes, bem como não avançar o sinal vermelho, reduzir a velocidade do veiculo quando se aproximar do semáforo; utilizar equipamentos de segurança, como por exemplo a cadeira para crianças, o que ajuda a diminuir o risco de morte em caso de acidente. Não usar celular ou desviar a atenção enquanto está dirigindo; e respeito aos pedestres, exercendo cidadania.

Sobre o Maio Amarelo 

Em maio de 2011, a ONU (Organização das Ações Unidas) decretou a década de ação para a segurança no trânsito. As ações serão estendidas até maio de 2020, com o objetivo de poupar 5 milhões de vidas. O Maio Amarelo visa proporcionar reflexões voltadas ao bom comportamento no trânsito.

Em 2018, o tema escolhido para a campanha é “Nós Somos o Trânsito”. Diversas atividades para conscientizar os condutores estão previstas para todo o mês, como palestras para motoristas da prefeitura, professores, idosos do Clumi; além de blitz educativa com distribuição de panfletos e laços amarelos; fixação de cartazes em locais de concentração de pessoas e exposição de veículo acidentado.

A iniciativa do Maio Amarelo é do Observatório Nacional de Segurança Viária e a realização da Anfavea – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×