Geral

Aulas estão suspensas na rede pública de ensino de Itabirito

Secretaria Municipal de Educação toma medida em função da greve dos caminhoneiros.

As aulas da rede pública de ensino de Itabirito estão suspensas neste sábado (26) letivo e na segunda-feira (28). A medida foi tomada devido à greve dos caminhoneiros, que completa cinco dias nesta sexta-feira (25).

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação de Itabirito, alunos das escolas municipais e das creches só retornarão para as aulas na próxima terça-feira (29). A secretaria ainda pede que todos acompanhem o andamento da situação da greve através do site da prefeitura.

Greve dos caminhoneiros

Os caminhoneiros protestam, desde a última segunda-feira (21), contra o preço do combustível, em função de mais um aumento do valor nas refinarias, de 0,97%.  Eles fecharam a BR-356 para veículos de carga, em Itabirito, pedindo redução de impostos.

Apenas na semana passada, foram cinco reajustes diários no preço do diesel. A categoria já tinha prometido realizar uma paralisação, caso não fossem atendidas uma série de reivindicações apresentadas ao Governo Federal. Vale ressaltar que a interdição é parcial e carros de passeio estão conseguindo passar pelo local.

A greve dos caminhoneiros  está causando impacto no comércio em Itabirito. Os combustíveis acabaram nos estoques dos postos da cidade nesta quinta-feira (25). Não é possível encontrar também o gás de cozinha. O transporte público municipal também teve seus horários reduzidos em função da paralisação.

Os caminhoneiros que bloqueiam a rodovia BR-356, em Itabirito, permanecem no local, mesmo após o acordo entre o Governo Federal e as entidades da categoria para suspender a paralisação por 15 dias, feira (24). De acordo com a categoria, os órgãos que reuniram com o governo não os representa.

Na tarde desta sexta-feira (25), o presidente Michel Temer fez um pronunciamento no Palácio do Planalto informando que acionou as forças federais para desbloquear estradas. A medida foi adotada após o presidente se reunir com ministros para uma avaliação de segurança sobre a situação que a paralisação tem causado no país, uma vez que a greve permaneceu após o acordo firmado entre governo e representantes dos caminhoneiros, em reunião realizada nesta quinta-feira (24).

Um comentário

  1. Na realidade tem que liberar o uso de drogas. Essa guerra de gato e rato gera corrupção e morte de inocentes e quem ganha com isto são as duas das três partes envolvidas: o traficante e a polícia. Quem paga tudo é o usuário e a população que não tem nada com essa história. Um sujeito maior de idade que decide se matar tem todo o direito de meter uma bala na cabeça ou se empanturrar de craque, é a mesma coisa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×