GeralItabirito

Paralisação dos caminhoneiros chega ao 9º dia e afeta serviços em Itabirito

Trabalho da Guarda Municipal foi alterado por causa da paralisação, assim com a coleta de lixo, aulas da rede pública de ensino e transporte público.

A paralisação dos caminhoneiros contra a alta do diesel entra no 9º dia nesta terça-feira (29) e seguem os reflexos no serviço público, abastecimento de combustíveis, redução de veículos no transporte coletivo em relação aos dias normais e falta de gás de cozinha. As consequências do manifesto se devem ao fato de bloqueios em rodovias impedirem o tráfego de caminhões, que fazem boa parte do abastecimento de produtos das cidades.

Em Itabirito, os caminhoneiros fecharam a BR-356 para veículos de carga, pedindo redução de impostos. A categoria reivindica redução do preço do diesel e mesmo com o acordo proposto pelo governo federal, os motoristas continuam com o protesto.

Guarda Municipal

O trabalho da Guarda Civil Municipal de Itabirito (GCMI) também sofreu alterações em função da paralisação dos caminhoneiros. A GCMI vai continuar com todo o seu efetivo nas ruas nesta terça-feira, em pontos estratégicos do Centro da cidade, mas as viaturas só serão usadas em caso de urgência.

Coleta de lixo 

A coleta de lixo realizada pela Prefeitura de Itabirito foi alterada em função da paralisação dos caminhoneiros, na rodovia BR-356, que completa nove dias nesta terça-feira (29). Hoje, na sexta-feira (01) e no sábado (02) haverá normalmente a coleta do lixo. Já na quarta-feira (30) e na quinta-feira (31) o serviço não será realizado em reflexo das manifestações dos caminhoneiros sobre o tráfego de veículos.

Educação

As aulas da rede pública de ensino de Itabirito estão suspensas durante toda a semana. É o que informou a Secretaria Municipal de Educação, nesta segunda-feira (28), devido à paralisação dos caminhoneiros, iniciada na última segunda-feira (21). Alunos das escolas municipais e das creches só retornarão para as aulas na próxima segunda-feira (04). Vale lembrar que não haveria dia letivo na quinta e sexta desta semana, em função do feriado de corpus christi, celebrado no dia 31. A secretaria ainda pede que todos acompanhem o andamento da situação da greve através do site da prefeitura.

Combustível

A paralisação dos caminhoneiros fez com que os postos de Itabirito ficassem sem combustível disponível para venda. No antigo Posto Esso, último local com estoque na cidade, os combustíveis acabaram no fim da tarde da última quinta-feira (24). Outra consequência da paralisação é no fornecimento do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), o gás usado na cozinha. O Sindicato das Empresas Transportadoras e Revendedoras de GLP (Sindvargas), já havia alertado que as 570 revendedoras do gás ficariam sem abastecimento, afetando os consumidores.

Transporte público

Devido à ausência de óleo diesel na cidade, o transporte coletivo municipal também está afetado. As linhas de ônibus estão em funcionamento normal até as 9h e das 16h às 19h30. Durante o intervalo de tempo, das 9h às 16h e a partir das 19h30, o funcionamento do serviço está sendo seguindo os horários dos domingos e feriados, numa escala reduzida. A previsão é de que o atendimento volte ao normal assim que situação da falta de combustível for solucionada.

Gás de cozinha

Outra consequência da paralisação é no fornecimento do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), o gás usado na cozinha. O Sindicato das Empresas Transportadoras e Revendedoras de GLP (Sindvargas), já havia alertado que as 570 revendedoras do gás ficariam sem abastecimento, afetando os consumidores.

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×