Geral

Greve dos Caminhoneiros: Temer diz que não há risco de intervenção militar

Nesta terça-feira (29), o presidente descartou a possibilidade de um golpe no governo.

Nesta terça-feira (29), o presidente Michel Temer afirmou que não há risco de intervenção militar em decorrência da paralisação de caminhoneiros; mesmo com o fato de que alguns manifestantes defendem um golpe militar para derrubar o governo.

Em entrevista a um pequeno grupo de jornalistas estrangeiros no Fórum de Investimentos Brasil 2018, em São Paulo, Temer afirmou ainda que a redução do preço do óleo diesel, anunciada pelo governo como parte das medidas para tentar acabar com a greve, não irá reverter as reformas realizadas pela Petrobras para garantir a independência da estatal.

Temer também afirmou que o governo poderá ingressar com ação junto ao STF (Supremo Tribunal Federal) para que seja declarada ilegal a greve convocada por petroleiros para quarta-feira (30).

Fonte: R7.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close