Geral

Projeto de alunos de Itabirito é único escolhido para representar Minas em Conferência Nacional

Estudantes da Escola Municipal José Ferreira Bastos participam da etapa nacional do evento dia 15 de junho.

A Escola Municipal José Ferreira Bastos participou, no dia 17 de maio, da etapa estadual da V Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, realizada em Belo Horizonte. O evento contou com a apresentação de 43 projetos, selecionados pela Comissão Organizadora Estadual. “Revitalização dos bebedouros da escola e reaproveitamento da água” foi o projeto que representou o município, apresentado pela aluna Vitória de Souza Oliveira e elaborado juntamente com os alunos representantes da Comissão do Meio Ambiente e Qualidade de Vida (COM-VIDA), sob a coordenação da professora Patrícia Marinho, atual vice-diretora da escola.

Entre os trabalhos apresentados, apenas o projeto de Itabirito foi selecionado para representar o estado de Minas Gerais na etapa nacional da Conferência, que acontece no dia 15 de junho, em Brasília. Na ocasião, além de representar a Escola Municipal José Ferreira Bastos, a aluna levará os nomes da Superintendência Regional de Ouro Preto, Secretaria de Educação de Itabirito e Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Estudantes de Itabirito seguem para a etapa nacional (Divulgação PMI).

A conferência

Iniciativa do Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental (Pnea), constituído pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), esta edição da Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente tem como tema “Vamos Cuidar do Brasil Cuidando das Águas”. A Conferência Nacional Infantojuvenil foi dividida em três etapas: Conferência na Escola, Conferência Estadual e Conferência Nacional.

A ação é uma estratégia de mobilização de estudantes, adolescentes e jovens de todo o país visando promover a reflexão, o desenvolvimento de estudos e pesquisas, além de estimular a proposição de ações e projetos no contexto da temática socioambiental, considerando seus desafios e alternativas, no âmbito da escola e de seu entorno.

Fonte: Semco PMI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×