Comportamento

Itabirito se mobiliza contra o trabalho infantil

Secretaria de Assistência Social realiza série de atividades para conscientização do tema.

Para conscientizar a população sobre o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado no dia 12 de junho, a Secretaria de Assistência Social reforçou o tema nas diversas atividades realizadas durante o mês.

Na semana de 11 a 15, as oficinas do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), realizadas em parceria com a Associação Itabiritense do Amor Exigente, abordaram o tema com os participantes. Por meio de atividades variadas, como bate-papo e exposição de filmes, a equipe falou sobre os tipos de trabalho infantil, o que diz a legislação e a importância da infância para o desenvolvimento das crianças. “O nosso objetivo é promover a prevenção, oferecendo informações para que as pessoas fiquem mais atentas aos possíveis casos de Trabalho Infantil”, explicou a psicóloga Marinela Pais Campos.

Os usuários do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) também receberam informações sobre o assunto. “Este ano, fizemos uma ação mais direcionada com as famílias, falando da importância das crianças viverem a fase infantil como crianças, brincando e estudando”, explicou o coordenador Sinval Galo. Durante o encontro, os pais puderam conhecer os serviços ofertados pela rede que proporcionam ocupação saudável para os jovens, proporcionando preparação para entrarem no mercado de trabalho no momento apropriado.

Na semana seguinte, as reuniões do Café com as Famílias, realizadas no Cras Padre Adelmo, no dia 19, e no Cras Maria Loura, no dia 21, também trataram do assunto. Por meio de uma roda de conversa com os participantes, a equipe abordou os diferentes tipos de trabalho infantil e as formas de denúncia.

Trabalho Infantil

É considerado trabalho infantil, no Brasil, toda atividade realizada por crianças ou adolescentes com idade inferior a 16 anos, a não ser na condição de aprendiz, quando a idade mínima permitida passa a ser de 14 anos.

Como denunciar

As denúncias de casos de trabalho infantil podem ser feitas de forma anônima. O denunciante pode entrar em contato pelo disque 100, no Conselho Tutelar, pelos números 3561-7769 e 98895-1667, ou no Creas, pelo telefone 3561-4080.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×