Geral

Mãe organiza festa para arrecadar fundos e criar projeto em homenagem ao filho assassinado

Casa Mateus Januário será ponto de referência para mães que perderam seus filhos brutalmente.

No próximo dia 11 de agosto será realizada uma festa beneficente e uma cavalgada para arrecadação de fundos para a futura Casa Mateus Januário. O evento acontecerá à partir de 16h, na rua Cândido Portinari, na altura do número 69, no Agostinho Rodrigues, em Itabirito, e será uma homenagem ao jovem Mateus Januário, assassinado aos 16 anos, em 2014.

De acordo com Fátima Januário Silva, mãe da vítima, o objetivo da Festa Juninadepor e da Cavalgada Mateus Januário é arrecadar dinheiro para criar o projeto, que servirá para reunir mães que perderam seus filhos brutalmente assassinados.

A Casa Mateus Januário promoverá o acolhimento de pessoas que vivenciaram grandes perdas. O acolhimento, de acordo com Fátima, será feito de forma simples, como por exemplo com abraço de pessoas que já enfrentaram a situação de perder um ente querido. Serão promovidos encontros sociais, projetos de conexão com a natureza e curas espirituais.

“Há quatro anos eu perdi meu filho Mateus Januário, ele estava sentado na praça do bairro praia na quadra vendo jogo de futebol. Traficantes estava querendo matar um indivíduo chamado vitinho, e esse vitinho estava também na quadra. Houve um tiroteio e nesse tiroteio o meu filho Mateus Januário tomou uma bala na cabeça morrendo na hora. Quatro anos de sofrimento, tristeza e muita amargura. Agora resolvi agir e tentar tirar um pouco dessa dor, meu projeto ainda está no papel. Mais por pouco tempo preciso abrir a casa Mateus Januário que será voltada para acolher mães que passaram pela dor da perda. Junto a diretoria resolvemos fazer uma festa junina para arrecadar fundos para levantar a casa Mateus Januário venho por meio dessa contar com a participação dos cavaleiros para fazer essa homenagem para o Mateus para realizar o meu sonho e de tantas mães que sofre e ainda mães futuras que venha sofrer”, relata Fátima. 

Na festa beneficente, o público encontrará à venda: mexidão, caldo de mandioca, caldo de feijão, pastel de angu, pastel de farinha, los cubano, los quentita, além de cerveja e refrigerante.

Quem se interessar em participar da Cavalgada Mateus Januário é só entrar em contato com Fátima, pelo telefone 31 988830028, ou falar com Nayara, pelo telefone 31 987968784. Será cobrado um valor simbólico de R$25 pela camisa, para quem for à cavalgada.

Além disso, uma rifa está sendo realizada para ajudar na causa. Vários prêmios, como uma cesta de café da manhã, bolo de aniversário, kit de acessórios da Amoras, uma bolsa, um vaso de flor, uma toalha de banho e um xale, serão sorteados durante o evento. Para comprar a rifa é só procurar Fátima no mesmo telefone mencionado acima.

O projeto social já possui um site. Acesse: www.casamateusjanuario.com.br

Divulgação.

Relembre o caso

Um assassinato no início da tarde do dia 14 de abril de 2014 chocou os moradores de Itabirito. O crime ocorreu na Praça João Paulo I, no bairro Praia. Um jovem de 16 anos, identificado como Mateus Januário Silva Marques, foi atingido enquanto estava sentado em um dos bancos da praça.

Acervo pessoal.

Ele teria sido surpreendido por pelo menos quatro tiros disparados por um homem que chegou ao local a bordo de um veículo de cor verde. Durante a tentativa de fuga, o autor do crime, possivelmente acompanhado por outros dois envolvidos, teria chocado o carro contra outros dois veículos. Na sequência, teve perseguição policial na região.

No fim da tarde do mesmo dia, a Polícia Militar identificou três suspeitos de participação no crime. Um deles foi preso. Ainda foram apreendidos uma moto e um veículo Seat Córdoba, de cor verde, que pertenceria ao autor do crime. Posteriormente, a PM encontrou os outros dois envolvidos. Todos já foram julgados e condenados.

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×