Geral

Operação Apate combate fraudes de R$ 4 milhões na Previdência Social

As fraudes consistiam na criação de vínculos empregatícios fictícios e extemporâneos.

A Polícia Federal, com o apoio do Instituto Nacional do Seguro social (INSS), deflagrou nesta terça-feira, 31, a Operação Apate para combater fraudes de mais de R$ 4 milhões na Previdência Social. Os investigadores miram desarticular um esquema especializado em desvios na Previdência em São Paulo.

Em nota, a PF informou que são cumpridos, nas cidades de Araraquara e São Carlos, em São Paulo, quatro mandados de prisão preventiva e seis mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal de São Carlos.

De acordo com o que foi apurado, para fins de obtenção de benefícios previdenciários, eram inseridos dados fraudulentos em sistemas da Previdência. Essas fraudes consistiam na criação de vínculos empregatícios fictícios e extemporâneos, com transmissão de dados pelo sistema SEFIP/Conectividade Social – Guia de Recolhimento do FGTS e Informações para a Previdência Social (GFIP). As informações são da Folha de S. Paulo. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×