Geral

Governador eleito, Romeu Zema veio a Itabirito recentemente e recebeu apoio do prefeito Alex

Empresários da cidade, dirigentes lojistas e autoridades marcaram presença na reunião.

Romeu Zema, do partido Novo, foi eleito o novo governador de Minas Gerais no segundo turno das eleições 2018, realizado neste domingo (28). De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, Zema recebeu 6.963.806 votos (71,80%), contra 2.734.535 votos (28,20%) de Antônio Anastasia, do PSDB. Em janeiro, Zema assume o cargo até então ocupado por Fernando Pimental, do PT, derrotado ainda no primeiro turno.

Os votos brancos (476.483), nulos (1.889.351) e as abstenções (3.631.177) somaram 5.997.011, mais que o dobro dos votos de Antonio Anastasia.

Em Itabirito, Romeu Zema recebeu 20.804 votos (77,59%), contra 5.802 (22,41%) de Anastasia.

“Eu tenho dito que o estado está falido, doente terminal, a gente precisa de medidas urgentes, os professores, pensionistas e militares recebendo atrasado, as prefeituras sem os repasses, isso demanda medidas urgentes, caso contrário a situação vai se agravar. Minas tem crescido constantemente menos que o Brasil, perdendo sempre participação. Então vou depender do apoio da Assembleia dos deputados, mas não quero que isso seja um balcão de negócios”, disse Zema, em seu primeiro discurso após a vitória.

O governador eleito também afirmou que ainda nesta segunda-feira (29), sua equipe entrará em contato com o governo Pimental, assim como o tribunal de Contas do Estado, para saber como está a situação financeira de Minas Gerais.

Recentemente, Romeu Zema veio a Itabirito e se reuniu com o prefeito da cidade, Alex Salvador (PSD), em uma reunião realizada na Associação Comercial Empresarial de Itabirito (Acei). Empresários, dirigentes logistas e figuras conhecidas da cidade marcaram presença no encontro.
Alex falou com Zema sobre a perda da empresa Delphi, que gerou desemprego na cidade. Assuntos como a economia local, o salário dos servidores e a dívida do estado com a Prefeitura de Itabirito foram tratados durante a reunião. Zema afirmou que não sabe o tamanho do rombo nos cofres públicos em Minas Gerais, mas que irá procurar se informar para ter dimensão da real situação do estado.

Durante o encontro, foi mencionado que não se deve valorizar apenas o comércio varejista, mas também as riquezas minerais da cidade, uma vez que a economia de Itabirito gira em torno da mineração. O prefeito Alex também comentou sobre a questão de Itabirito se destacar por ter uma das maiores fábricas da Coca-Cola FEMSA Brasil, gerando emprego e renda para a população da cidade e da região.

Participaram da reunião, além de Romeu Zema e Alex, o vereador Renê Butekus (PSDB), Walisson Vidigal, superintendente administrativo da Prefeitura de Itabirito, Mateus Corradi, filiado ao partido Novo, Wagner Melillo, diretor do Saae, Douglas Silva Cardoso, proprietário da loja Douglas Calçados, Welton Luiz, filho do Carlinhos da Comercial Cascudo, Ana Carolina Tabari, presidente da CDL, Zilda Antunes Santos, proprietária da Zilda Calçados, Júlio César Antunes dos Santos, representando o CDL Jovem, e Dona Lilu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×