Geral

Romeiros de Itabirito seguem para Aparecida (SP) após acompanhar missa no São Sebastião

Comitiva percorrerá cerca de 600 km em 14 dias; cavaleiros itabiritenses vão chegar no Santuário Nacional de Aparecida em 25 de janeiro.

Os Romeiros da Estrada Real, uma comitiva de Itabirito, saíram neste sábado (12) da cidade, rumo ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, em São Paulo. O momento aconteceu após a missa das 15h, celebrada na Paróquia de São Sebastião, pelo padre Edmar José da Silva. Durante 14 dias, os romeiros percorrerão cerca de 600 km, num ato de fé e devoção à padroeira do Brasil. A ação faz parte das comemorações do Jubileu de Diamante da Paróquia de São Sebastião, que em 2019 completa 60 anos.

Por volta das 13h45, os romeiros desceram com as mulas no canteiro próximo ao estacionamento da Praça da Estação, já nos preparativos para o grande momento do dia. Ao Sou Notícia, o presidente e criador da comitiva, Vinícius Braga, disse que a romaria é um ato de renovar a fé e agradecer à Nossa Senhora Aparecida pelas conquistas, bem como suplicar por auxílio espiritual. “Essa é a terceira vez que realizamos a romaria. Tudo que pedimos com fé, nossa mãezinha atende”, destacou Vinícius.

Já o locutor Cássio Mendanha participa da romaria pela primeira vez e, animado, disse ao Sou Notícia que a cavalgada é um momento para refletir sobre a importância da família e o papel fundamental de Nossa Senhora Aparecida na vida de todos.

Antes de celebrar a missa, padre Edmar reforçou que a ação dos romeiros é muito nobre, uma vez que evidencia a fé em Nossa Senhora Aparecida e reforça o compromisso que os fiéis devem ter com a devoção aos santos e santas. Ele também informou que a missa seria dedicada ao Rafael Torres, romeiro de Belo Horizonte que fazia parte da comitiva e que faleceu no fim do ano passado. Os pais de Rafael vieram a Itabirito e prestigiaram a celebração, bem como a saída dos Romeiros da Estrada Real em direção à Aparecida.

Com a Paróquia de São Sebastião lotada, os romeiros se emocionaram durante a celebração e participaram do ofertório. Logo após a missa, eles desfilaram com as mulas em frente à igreja e foram acompanhados de perto por familiares, amigos e demais presentes.

Os romeiros seguirão para Engenheiro Corrêa, onde vão fazer a primeira parada para descanso. Em seguida, eles vão para Congonhas, depois Entre Rios, Lagoa Dourada, Rio das Mortes, que fica depois de São João del Rei, Capela do Saco, um distrito de Carrancas, Carrancas, Cruzília, Caxambu, São Sebastião do Rio Verde, Passa Quatro, Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP), Potim e, por fim, Aparecida. “Como está fazendo muito calor, vamos montar às 4h da manhã, em cada parada, e vamos até 11h da manhã. Todas os locais de parada possuem pouso, com lugares para nós descansarmos e os animais também. Vamos levar 20 fardos de feno e 10 sacos de ração no caminhão, fora a medicação, com vitaminas e remédios para dor. O Lucas, um amigo nosso, vai para ferrar os animais e ver se precisa de algo, além do motorista do caminhão que vai com o cozinheiro”, afirmou Vinícius Braga.

Vale ressaltar que há troca de mulas durante a marcha, sendo que o animal que é montado num dia, no outro dia descansa. Esclarecendo uma dúvida dos internautas, Vinícius garante que as mulas são bem tratadas e recebem os cuidados de um veterinário. “Os animais são muito bem tratados e acompanhados de perto por um profissional capacitado para atendê-los. Em todas as paradas tem lugar para pouso e os animais conseguem descansar, não atrapalhando em nada a saúde deles, até porque eles são treinados para isso”, acrescenta.

Ao todo, nove pessoas foram montadas nas mulas. Porém, com a parte de apoio, 11 pessoas indo de Itabirito até Aparecida, num ato de fé e devoção à Nossa Senhora Aparecida, sendo elas: Rogério Oliveira, Douglas Oliveira, Vinícius Braga, Ueverton, Lucas (filho do ex-vereador Zé Maria), Geraldo Matias, João Vitor, Davi, Cássio Mendanha, Geraldo Mendanha, Lucas Marcos e Hélcio de Morais.

No dia 25 de janeiro, ao chegar em Aparecida, a comitiva acompanhará uma missa, terá uma recepção na Basílica antiga do Santuário Nacional de Aparecida e devem permanecer na cidade por dois dias. Os romeiros voltarão em uma van e os animais serão embarcados.

Confira fotos da saída dos romeiros de Itabirito em direção ao Santuário Nacional de Aparecida:

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close