ComportamentoGeralItabirito

SAAE de Itabirito recebe visita de integrantes da Companhia de Saneamento Básico de Bocaiuva (MG)

Uma comitiva formada por integrantes da Companhia de Saneamento Básico de Bocaiuva (MG) realizou, na última terça-feira (03/04), uma visita técnica ao Saae de Itabirito. O objetivo foi trocar experiências e conhecer de perto o funcionamento do Centro de Controle Operacional (CCO).

O supervisor Administrativo, José Flávio de Assis, o administrador Jairo Alves, e o engenheiro, Rodrigo Silva, foram recebidos pelo diretor-presidente do Saae de Itabirito, Wagner Melillo, que apresentou detalhes a respeito dos projetos desenvolvidos pela Autarquia.

O Saae de Bocaiúva está em processo de informatização daí o interesse em saber detalhes sobre o funcionamento do Centro de Controle Operacional, que por meio de uma tecnologia inovadora tem capacidade de controlar em tempo real todo o sistema de abastecimento de água do centro e dos distritos de Itabirito.

“É de grande importância conhecer o processo tecnológico utilizado em Itabirito, principalmente as tecnologias que garantem maior eficiência, economicidade na operação dos sistemas como o caso do CCO”, disse o administrador Jairo Alves.

O chefe de setor do Centro de Desenvolvimento Tecnológico, Marcelo Braga, fez um apanhado de todo o sistema de tecnologia desenvolvido pelo Saae de Itabirito. Ele destacou o aplicativo Saneamento responsável por controlar todas as demandas internas e operacionais da Autarquia.

Marcelo apresentou também o Datalogger, um programa que registra dados de temperatura ou umidade em um intervalo de tempo preestabelecido para análise posterior. Essa tecnologia é utilizada no Programa de Controle de Perdas do Saae responsável por conquistar uma redução de 10% do índice de perdas das águas setorizadas.

“Estamos impressionados com a qualidade das instalações e à elevada qualificação dos serviços e dos profissionais de Itabirito”, reconheceu o engenheiro do Saae de Bacaiúva, Rafael Silva.

A equipe de Bocaíuva também conheceu um pouco de como é feito o processamento tarifário em Itabirito, por meio da chefe do Setor Comercial, Cláudia Barreto. Ela explicou que apesar da qualidade dos serviços prestados de saneamento em água e esgoto, os valores cobrados  estão bem abaixo dos praticados por outras companhias de saneamento.

O diretor-presidente do Saae, Wagner Melillo, considerou a visita importante para a transmissão de conhecimentos e experiências entre as Autarquias e se colocou à disposição para dividir todo o processo de tecnologia utilizado para a melhoria dos serviços de saneamento básico.

“Estas visitas mostram que o Saae de Itabirito está se tornando uma referência nos serviços de saneamento prestados em Minas Gerais”, finalizou Wagner.

Fonte: AISAAE

Tags

Artigos relacionados

Um comentário

  1. O SAAE DE ITABIRITO DEVERIA VISITAR A NASCENTE DO CÓRREGO SECO NO RETIRO DA PRATA, NA BORDA DA CAVA DA MIN DO PICO!!! ABSURDO QUE ESSAS MINERADORAS LIDERADAS PELA VALE S/A CONTINUEM A POLUIR E ACABAR COM OS MANANCIAIS DE ÁGUA. Cadê CODEMA, FEAM, COPAM e outros Órgãos de controle ambiental mantidos COM OS IMPOSTOS QUE PAGAMOS e que tem a obrigação legal de agir quando são demandados: IGAM, Comitê da Bacia do Rio das Velhas, Subcomitês das bacias dos Rios, IEF, IBAMA, ICMBio, MPMG, e outros? Será que nenhum destes Órgãos vai resolver as questões desta mineradora que matou centenas de pessoas e nascentes de água em Mariana, Itabirito, Moeda, Brumadinho e Barão de Cocais?

Deixe uma resposta para COCEIRA Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close