ComportamentoEntretenimentoGeralItabiritoMarianaOuro Preto

Confira entrevista exclusiva com John Ulhoa, do Pato Fu, sobre o festival:

Durante os dias 3, 4 e 5 de maio de 2019, a cidade de Itabirito/MG receberá a 2ª edição do Todos os Sons – Festival da Canção. Novos talentos da música terão a chance de apresentar seus trabalhos autorais para três dos principais produtores e articuladores da música do país – Alexandre Kassin, Barral Lima e Iuri Freiberger -, e ainda terão suas apresentações seguidas de nomes como Pato Fu e Paulinho Pedra Azul. Com o intuito de reconhecer e premiar as melhores canções inéditas, Todos os Sons é um resgate dos antigos festivais da canção, muito tradicionais nos anos 60 e 70 no Brasil. John Ulhoa, do Pato Fu, fala com exclusividade ao Sou Notícia:

Qual a importância de festivais como esse para a cena musical mineira?

Festivais como esse movimentam as cenas mais diversas em torno de um único evento. Estilos diferentes, artistas de várias cidades. Gêneros musicais em colisão, na maioria das vezes, amigável. São divertidos, sem dúvida, e é interessante nos camarins,  ver esse encontro de mundos paralelos que dificilmente se cruzariam em outras ocasiões. Acho que, além de eventos interessantes de projeção para artistas, podem ser faísca criativa também, pros artistas se inspirarem uns nos outros.

Quais dicas você dá para que os novos talentos surpreendam em sua apresentação no festival?

Eu já fui jurado em alguns (poucos) festivais. Minhas melhores notas iam pra criatividade, pra personalidade própria. Bandas muito boas em fazer um som já manjado não me chamavam a atenção.

Conte um pouco o que vocês estão preparando pra esse show.

É um show baseado em nossos mais de 25 anos de carreira. Tentamos incluir um pouco de todas fases e também manter aquelas músicas mais conhecidas. Acho que conseguimos juntar um repertório que preenche a expectativa tanto daquele fã de carteirinha que conhece todos os discos como também de quem está chegando meio distraído, ou conhece só os hits.

SOBRE os jurados

Kassin – Alexandre Kassin, é o produtor que assinou trabalhos de Caetano Veloso, Los Hermanos, Erasmo Carlos, Mallu Magalhães, Adriana Calcanhotto, Vanessa da Mata e Nação Zumbi. É também músico de banda – integrou nos anos 1990 o Acabou La Tequila; formou com Moreno Veloso e Domenico Lancellotti o projeto +2, que, além de seus próprios discos, compôs Ímã, trilha para o Grupo Corpo; e é um dos membros da Orquestra Imperial, que hoje faz apresentações bissextas.

Barral Lima – Barral é CEO do Grupo UN Music onde coordena as gravadoras Ultra Music e a Under Discos, a produtora de eventos Ultra Music, a Neutra Audiovisual e Editora. É o atual presidente do Sindav (Sindicato da Indústria do Audiovisual de Minas Gerais). Atuou em diversos shows como baixista e tecladista ao lado dos artistas Sá e Guarabira, Lô Borges, Samuel Rosa, Milton Nascimento, Toninho Horta, Tadeu Franco, Titane, e vários outros. Como produtor musical e engenheiro de som trabalhou em mais de 100 projetos fonográficos dentre eles Lô Borges, Milton Nascimento, Samuel Rosa, Fernanda Takai, Markú Ribas, Transmissor, Tianastácia, Adriano Campagnani, Juarez Moreira, Toninho Horta, Nelson Ângelo, Radar Tantã, Vanessa Falabella, Cláudio Faria, Bauxita, Refinaria entre outros. Idealizador e diretor artístico dos festivais Palco Ultra, MARTE Festival, Festival Hiphop.Doc, Circuito Instrumental e Loucomotiva Blues & Jazz Festival. Produziu e lançou os Song books dos artistas mineiros; Milton Nascimento, Beto Guedes, Flávio Venturini, Lô Borges, Pato Fu e Jota Quest. Como delegado e palestrante, já esteve presente em vários festivais e feiras nacionais e internacionais como: WOMEX (Hungria, Inglaterra e Espanha), APAP (Nyc_USA), MIC SUL (Argentina), MUSIKMESSE (Alemanha), SIM/SP (Brasil), RIO2C (Brasil), SAMBAFEST (Hartford, USA), SXSW (Texas_USA), HACK TOWN (Brasil), MIA (Brasil) e CMJ (Nyc_USA).

Iuri Freiberger – Músico e produtor musical, atua em diversas áreas culturais e sociais.  Mestre em Design Estratégica pela UNISINOS – Porto Alegre, formado também em publicidade, realizou em torno de 2000 shows, e como produtor musical tem mais de uma centena de discos lançados. Atua como professor universitário, consultor estratégico, diretor técnico e curador de festivais e articulador político. Como professor, foi titular na AESO-Barros Melo, em Olinda/PE, no curso de Produção Fonográfica. Em 2013, assumiu o cargo de Assessor para Estratégias de Inovação, na Secretaria de Cultura do Governo do RS, onde implementou o programa RS Criativo, entre sete secretarias de Estado. Atualmente desenvolve sua nova empresa, Rizoma, aceleradora de projetos culturais.

SERVIÇO

Todos os Sons – Festival da Canção de Itabirito

Evento e entrega dos prêmios: 3, 4 e 5 de maio (sexta a domingo)

Horário: 20h

Local: Praça da Estação, Itabirito

Entrada gratuita para o público

03/05 | Abertura: Felipe de Oliveira; Show de encerramento: Paulinho Pedra Azul

04/05 | Abertura: Congadar; Show de encerramento: Luan Nobat

05/05 | Abertura: Mariana Cavanellas; Show de encerramento: Pato Fu

Inscrições até o dia 15 de abril, às 23h59

Site para inscrições: https://festivaltodosossons.wordpress.com/inscricoes/

Informações: (31) 3223 2916 ou pelo e-mail: contato@unmusic.com.br

 

Tags

Artigos relacionados

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close