GeralItabirito

Cobras incomodam moradores do bairro Cardoso em Itabirito

COBRA! Um réptil extremamente perigoso que é capaz de matar um ser humano com sua picada venenosa.  É isso que dona Rita, de 56 anos, avó de dois netos e seus vizinhos têm temido nestes últimos dias.

Após receber uma denúncia de infestações de cobras, ratos, aranhas e baratas a equipe do Sou Notícia” buscou afundo entender a real história. A cerca de 6 anos um lote de frente da casa de dona Rita, localizado na Rua Ana Maria Teixeira no bairro Cardoso, teve por plantação uma planta por nome FENO muito usada para alimentar cavalos. Com o passar do tempo o lote ficou abandonado sem os cuidados de seu suposto proprietário.

Este mesmo lote atraiu várias espécies de bichos como cobras, ratos, aranhas e baratas causando medo nos moradores devido estes seres indesejáveis começarem a entrar em suas casas. Dona Rita perdeu uma cachorrinha da raça “Pinscher” que segundo ela foi picada por uma cobra em sua garagem.

Eu tenho netos pequenos e eles não brincam mais na rua, pois estou com muito medo destes bichos” disse dona Rita.

Os moradores daquela região fizeram denúncias para que medidas de segurança fossem tomadas. Até então nada foi feito, pois não se é possível identificar o dono do lote, o mesmo tem vários donos, porém, nenhum destes se responsabilizar em fazer a limpeza dele.

Eis a pergunta! Vão esperar o pior acontecer? Alguém morrer por uma picada de cobra, aranha, doenças de ratos ou até então doença de barata?

Por que até agora a vítima foi a cachorrinha de dona Rita, a qual tinha um valor sentimental para a família que com sua perda sofreu muito.

Tags

Artigos relacionados

Um comentário

  1. O grande problema é que você reclama na zoonoses e na secretaria de urbanismo e ninguém te fala realmente de quem é a responsabilidade sobre o terreno.
    Aqui em casa ja apareceu cobra também e quem me alertou sobre ela foi minha filha de 3 anos. Se ela não tivesse visto, algo pior poderia ter acontecido.
    Queremos uma resposta da prefeitura sobre a limpeza desse terreno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close