ComportamentoGeralItabiritoMarianaOuro Preto

Cemig revela mitos e verdades sobre economia de energia

As maneiras de usufruir dos benefícios da eletricidade sem desperdício nem aumento no valor da conta ainda deixam muita gente com dúvidas. Como são muitas as especulações sobre o assunto, alguns esclarecimentos sobre o uso racional da energia podem ajudar a evitar gastos desnecessários e, consequentemente, a economizar dinheiro.

Confira alguns mitos e verdades:

1 – Aparelhos ligados no modo stand by não alteram o valor da tarifa de energia.

Mito. A eletricidade consumida por um aparelho eletrônico em stand by (modo de espera) pode representar até 15 % do consumo do equipamento. Vale ressaltar que, ao desligar a TV, é importante desligar os demais equipamentos que estão conectados ao aparelho. Os equipamentos mais antigos consomem mais que os novos e, no modo de espera, os receptores de TV por assinatura são os maiores vilões do desperdício.

2 – O chuveiro elétrico na posição “inverno” gasta mais que na posição “verão”.

Verdade. Segundo o gerente de eficiência energética da Cemig, Ronaldo Lucas Queiroz, a posição “verão” promove uma economia de até 30%, se comparada com a posição “inverno”. “Além disso, o ideal é que os banhos não sejam tão longos, diminuindo assim o tempo de uso do aparelho”, orienta o especialista.

3 – Dormir com o aparelho de ar-condicionado ligado durante toda a noite consome o mesmo que desligá-lo no meio da noite.

Mito. O consumo de energia depende basicamente de duas variáveis: potência do equipamento, medida em watts, e tempo de utilização, calculado em horas. O ar condicionado, por exemplo, tem potência elevada mesmo nas versões mais modernas e eficientes e um modo de economizar energia ao usar o aparelho é reduzir o tempo de funcionamento dele.

4 – Deixar o carregador conectado à tomada sem o aparelho celular não gasta energia.

Mito. Por estar ligado na tomada, o carregador ainda consome energia, mesmo que essa carga não esteja sendo utilizada para alimentar a bateria do celular. O ideal é sempre retirar o carregador da tomada para evitar desperdícios.

5 – A geladeira é um dos equipamentos que mais consomem energia.

Verdade. A geladeira é o segundo item que mais consome energia em uma residência, principalmente por causa do “abre e fecha”. Além disso, é importante lembrar que alimentos ainda quentes não devem ser armazenados no eletrodoméstico, pois isso sobrecarrega o refrigerador e, consequentemente, aumenta o consumo de energia.

Outro ponto sobre a geladeira que merece atenção é a borracha de vedação da porta. A cada seis meses, esse elemento precisa ser checado e substituído quando for necessário, já que uma borracha folgada permite que o ar quente de fora entre no aparelho, exigindo mais energia para resfriar os alimentos. Para saber se a vedação está em bom estado, faça o seguinte teste: coloque uma folha de papel entre a porta e a geladeira, feche a porta e tente retirar a folha; se ela sair com facilidade, está na hora de trocar a borracha. Repita o processo ao longo de toda a extensão da borracha.

6 – Aparelhos com tensão 220v consomem menos do que os de 127v.

Mito. Não há diferença significativa de consumo entre aparelhos 220v e 127v. A questão, nesse caso, é estar atento para não ligar um aparelho de 127v em uma tomada de 220v e vice-versa, já que, por conta da diferença de tensão, o funcionamento do aparelho fica prejudicado, podendo até queimar. As informações são Agência Minas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close