GeralOuro Preto

Ouro Preto: primeira etapa de obras da restauração da Matriz de Glaura será entregue até setembro

Nesta quarta-feira (26/6), foi realizada uma visita para averiguar o andamento das obras na Igreja de Santo Antônio, em Glaura. A Igreja matriz foi fechada em 2016 devido ao seu risco de desabamento. A previsão é de que a primeira fase da obra seja concretizada em setembro deste ano. A restauração dos elementos artísticos será feita posteriormente, na segunda etapa.

A igreja passa pela primeira fase de restauração, que consiste em realizar as obras emergenciais, como a instalação de drenos em toda construção para que auxilie o escoamento da água; o rebaixamento do piso na parte de dentro da construção, com retirada das cerâmicas antigas, a estabilização da estrutura externa e a troca do telhado, substituindo madeiras e telhas que não estavam em bom estado e reforçando as estruturas atuais, além da revisão de para-raios. Fendas e trincas também foram preenchidas.

Além das reformas estruturais, também está sendo feito um monitoramento arqueológico, já que através do rebaixamento do solo foram encontrados fragmentos de ossos e uma espécie de antiga divisória de terrenos dentro do espaço interno da construção.

Segundo a moradora Ailza da Silva, “a obra é um sonho porque a gente dormia, acordava e o espaço da Igreja não podia ser usado. Logo após, nós começarmos a frequentar e acompanhar as reuniões do projeto e vimos que a obra estava se desenvolvendo”.

Para o secretário de Cultura e Patrimônio, Zaqueu Astoni Moreira, a obra é um exemplo de sucesso nacional de uma colaboração participativa da comunidade. “Posso dizer que foi um projeto participativo porque a comunidade acompanhou cada etapa do projeto, tínhamos reuniões periódicas em Glaura e a população pôde acompanhar o dia-a-dia de todos os desafios de um projeto dessa magnitude”.

O prefeito Júlio Pimenta ressaltou o avanço das obras.  “Com essa visita de hoje, nós comprovamos os trabalhos que estão sendo realizados e muito bem feitos por sinal, e estamos comprovando também a satisfação da comunidade de ver que este sonho de ter novamente a Igreja Matriz de Glaura reformada está sendo realizado”.

A segunda parte da obra, a restauração, precisará de mais R$ 3 milhões, os quais ainda precisam ser liberados pelo Governo Federal por meio do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) das Cidades Históricas.

Também estavam presentes na visita a superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em Minas Gerais, Celia Maria Corsino, o presidente da Associação dos Moradores do distrito de Glaura, Eder Zacarias da Silva, o promotor da 4ª Promotoria de Justiça de Ouro Preto, Domingos Ventura de Miranda Júnior, a deputada Ione Pinheiro, membro da Comissão da Cultura, o deputado Bosco, Presidente da Comissão da Cultura, o vice-prefeito Ailton Miranda Silva, o chefe do Escritório Técnico do IPHAN em Ouro Preto, André Macieira, e o chefe de Gabinete do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (IEPHA) de Minas Gerais,  Ramon Vieira, além de representantes da comunidade local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close