GeralOuro Preto

Pela primeira vez na história, Ouro Preto tem uma casa de apoio para pacientes do SUS em BH

Inauguração foi na terça-feira (29/10), quando os primeiros pacientes, vindos de Ouro Preto, já puderam utilizar o novo espaço

A nova casa de apoio aos usuários do SUS já está atendendo pacientes de Ouro Preto que têm a necessidade de realizar consultas em Belo Horizonte. O espaço conta com 40 leitos (separados em alas masculina e feminina), refeitório, cozinha,  área de televisão, revistas e área de lazer para as crianças. Agora os pacientes não precisam mais passar por transtornos na capital mineira quando precisarem fazer uma consulta. Os pacientes são levados de Ouro Preto diretamente para a casa de apoio, aonde têm conforto, alimentação e lazer antes e depois da consulta. Os pacientes também são levados em  segurança da casa de apoio até o hospital em que a consulta está agendada, e trazidos de volta após a finalização dos procedimentos. Esta ação é um marco para a saúde de Ouro Preto, pois este tipo de serviço nunca antes foi oferecido pelo município aos usuários do SUS.

O funcionamento da casa se dá através do encaminhamento pela Secretaria de Saúde da lista diária dos pacientes que são atendidos em Belo Horizonte. Estes pacientes são encaminhados a um ônibus em Ouro Preto, que sai às 4 horas da manhã e às 9 da manhã, e são acolhidos pela equipe da casa, com café da manhã e toda uma estrutura para descanso.

Mesmo aqueles pacientes que forem a Belo Horizonte de forma particular poderão utilizar a casa. Para isso, é necessário que procurem a Secretaria de Saúde de Ouro Preto e informem a data para que seja verificada a disponibilidade dos serviços, de forma que seja possível realizar o controle do espaço e todos possam ser atendidos.

A secretária de Saúde de Ouro Preto, Eliane Cristina, ressaltou a necessidade da criação desta casa de apoio: “Foi entendendo as dificuldades que os pacientes passam no dia a dia é que se definiu a proposta de atendimento em BH e de qualificar esse atendimento”.

Marcia Valadares  é membro do Conselho de Saúde e representante da Associação dos Moradores de Ouro Preto. Ela reafirmou o bem que este serviço fará a população ouro-pretana: “Fiquei muito feliz por estarmos inaugurando a Casa de Apoio em Belo Horizonte para todos os usuários do SUS que realmente necessitam ficar esperando o retorno a Ouro Preto.”

Nazaré Guimarães é moradora de Ouro Preto e foi uma das primeiras pessoas atendidas na nova casa de opoio. Ela aprova a ação e já sente a mudança: “Antes eu já trazia minhas filhas para fazerem consultas aqui, na área oftamológica, e elas não tinham nem um ano ainda. Tínhamos que esperar até a noite para voltar para casa, mas a tendência agora é melhorar cada vez mais.”

O vice-prefeito de Ouro Preto, Ailton Miranda, também esteve presente. Ele relata que pôde sentir um pouco das dificuldades enfrentadas pelos pacientes até então: “Fiz questão de sair hoje de Ouro Preto às 4h da manhã, acompanhando os primeiros pacientes que foram recebidos. Pude ver o sofrimento que é a pessoa já ter que vir a BH para tratar uma doença e ainda ter de ficar na rua antes da consulta e depois, às vezes, até mesmo sem ter condições de fazer uma refeição. Agora com essa casa de apoio, a situação será outra”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close