GeralItabirito

Presidente se reúne com servidores da Câmara

“A Câmara de Itabirito deve estar sempre de prontidão para atender a população. Quem procura os nossos serviços tem de se sentir amparado. Na outra ponta, todos os vereadores, de oposição ou situação, devem ser tratados de maneira igualitária pelos servidores”, disse o presidente vereador, Renê Américo da Silva (o Renê Butekus), durante reunião na sexta-feira (10 de janeiro), no Plenário da Casa Legislativa, com todos os servidores da Câmara (comissionados e efetivos).

Presidente Renê (agachado) e servidores da Câmara de Itabirito. Foto: Romeu Arcanjo-Câmara

Durante o encontro, a nova equipe da Câmara foi apresentada pelo presidente, e todos os servidores tiveram a oportunidade de falar. Renê, inclusive, acatou um pedido de um servidor para que fosse implantada a coleta seletiva no prédio principal da Câmara. “Vamos fazer mais! Vamos implantar a coleta seletiva em todos os gabinetes dos vereadores e em todas as dependências da Câmara”, disse Renê, que defende que tal atitude é uma forma de colaborar com a cidade, com o planeta e com os catadores que vivem dessa coleta.

Metas para 2020 e os regulamentos que norteiam o funcionamento da Câmara foram os principais assuntos abordados pelo presidente.

Segundo Renê, a organização e eficiência são carro-chefe da gestão. “A sala da presidência estará, na maior parte do tempo, aberta para qualquer servidor que queira conversar comigo”, garantiu Renê, que defendeu também o respeito entre colegas, “principalmente por parte daqueles que ocupam cargo de chefia”.

“A reunião foi muito boa. Houve uma aproximação com o presidente. Para que haja um bom trabalho na Câmara, isso é muito importante”, disse a servidora comissionada Ceciliany Leocádio Silva Santana.

“A Câmara, de fato, tem regras e normas e precisa funcionar na plenitude para o bem do interesse público. O que se espera depois dessa reunião é que nós possamos fortalecer ainda mais a instituição. O trabalho é para o povo, que precisa ficar satisfeito diante de suas reivindicações junto ao Legislativo”, acredita a funcionária efetiva da Câmara, Sandra Obadovski.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close