ComportamentoCORONAVÍRUSGeralItabirito

Câmara Municipal de Itabirito adota novo método para realizar reuniões

Londrina (PR), Cuiabá (MT), Rio de Janeiro (RJ) e Quatis (RJ). Em uma pesquisa pela internet, é possível saber que, por conta do coronavírus, as Câmaras Municipais das cidades citadas estão realizando suas reuniões ordinárias por meio de videoconferência. Contudo, em Minas Gerais, Itabirito foi a primeira a implantar o sistema (que teve início no começo desta semana).

Inclusive, Câmaras de outras cidades mineiras procuraram Itabirito interessadas em saber a respeito da tecnologia.

ENTENDA COMO SE DÁ A VIDEOCONFERÊNCIA EM ITABIRITO

Implantada pelo servidor chefe de Tecnologia da Informação, Filipe Palheiros, a plataforma de videoconferência da Câmara de Itabirito permite que os vereadores discutam e votem projetos (oriundos do Executivo e do Legislativo) de suas casas ou de seus escritórios, sem a necessidade de deslocamento até o Plenário, respeitando a determinação do Ministério da Saúde para que haja isolamento social (principalmente da população idosa) para conter o coronavírus.

A reunião se dá por meio de uma tela divida em 15 partes. A sessão (que em Itabirito pode ser ordinária ou extraordinária) conta com a assistência de diretores e assessores jurídicos, que também participam da videoconferência.

A publicidade e a transparência são garantidas nesse tipo de reunião, uma vez que todas as gravações são colocadas no YouTube (como acontece com o áudio das sessões ordinárias da Câmara itabiritense).

SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA 

Foi aprovado, em redação final, nesta quinta-feira (26), por meio de videoconferência, o projeto de lei do Executivo Municipal de Itabirito que estabelece situação de emergência no Município por causa da pandemia de coronavírus.

As votações anteriores, do projeto em questão, feitas nesta semana se deram por meio da mesma plataforma.

Decretada situação de emergência, o Município poderá tomar medidas urgentes na área de saúde, com menos burocracia, para conter a pandemia.

*As informações são do site da Câmara Municipal*

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close