GeralItabiritoMarianaOuro Preto

28 cidades tem autorização para retorno de missas presenciais; orientações devem ser seguidas

Em Belo Horizonte, Minas Gerais, a Arquidiocese apresentou um plano com orientações para a retomada responsável das celebrações presenciais, nas igrejas da capital e de outras 27 cidades da região.

O texto divulgado pela Arquidiocese, prevê restrições de distanciamento de dois metros entre as pessoas, mais espaços entre bancos e cadeiras, obrigatoriedade do uso de máscaras por todos no interior dos templos, disponibilidade de álcool em gel na entrada e saída das igrejas, além de higienização constante de objetos essenciais às celebrações, dos bancos e cadeiras, de cada ambiente, são algumas das exigências.

Além disso, as celebrações também devem ser mais breves e as igrejas terão público reduzido – com informação sobre o número máximo de fiéis na entrada de cada templo. Contudo, cada igreja terá que cumprir as indicações do documento, publicado na quarta-feira (17) – Link do documento. As que conseguirem se adaptar, já podem retomar as celebrações.

O documento, em sintonia com as orientações já apresentadas pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), foi elaborado com o auxílio de uma assessoria técnica – o Comitê Técnico Logístico-Sanitário, formado por uma equipe multidisciplinar, com a participação de médicos e arquitetos, entre outros profissionais.

Esse comitê técnico está à disposição para auxiliar as paróquias nas readequações necessárias para as celebrações presenciais.

O texto divulgado pela Arquidiocese de BH orienta as comunidades, da capital e de outros 27 municípios, a seguirem as recomendações das autoridades municipais e está disponível no site da arquidiocese de belo horizonte (clique aqui para ter acesso).

Recomendações

Entre as sugestões, está a que se mantenha cinco lugares vagos para a entrada daqueles que não têm acesso ao agendamento. Quanto possível, entrada e saída dos fiéis deverão ser feita sem portas distintas. Caso haja apenas um acesso, deve-se organizar, de um a um, a entrada e a saída, buscando respeitar o distanciamento de dois metros e evitando aglomerações.

Deve-se, também, respeitar o distanciamento de dois metros entre as pessoas. Além disso, devem ser intercalados bancos ocupados por pessoas e bancos vazios (clique aqui para ter acesso as recomendações completas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close