GeralItabirito

Ouro Preto não fará adesão ao “Projeto Mãos Dadas” de municipalização do ensino

A proposta do Governo do Estado de municipalizar o ensino fundamental foi encarada com seriedade pela atual administração, e ouvir a população foi uma parte importante para fundamentar uma decisão.

Por isso, na segunda-feira, 3 de maio, durante  audiência pública online realizada pela Câmara de Vereadores, o secretário de Educação do Município, Rogério Fernandes, anunciou a decisão de declinar do convite do Estado.

“O projeto tem o intuito de municipalizar os anos iniciais do ensino fundamental. Orientados pelo prefeito Angelo e vice-prefeita Regina, debatemos e discutimos o tema. Dialogamos com os diretores de escolas, professores, representantes do Sindicato e a população em geral e, após refletirmos muito, ouvindo o clamor da sociedade, a decisão tomada foi a de recusarmos o convite. Ouro Preto não fará neste momento parte do Projeto “Mãos dadas” do governo estadual”, disse o secretário.

O assunto já havia sido pauta na sexta-feira, 30, de uma reunião entre o prefeito, secretários municipais e os deputados Rogério Correia (federal) e Beatriz Cerqueira (estadual).

“Nós avaliamos, ouvimos os protagonistas. A nossa posição foi de abertura para o diálogo para então decidirmos”, observou o prefeito Angelo Oswaldo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×