EntretenimentoEsporteFutebol

Tropeçaram, mas estão de pé. Erro de arbitragem são uma das contestações.

Atlético MG perdeu para o xará de Goiás, e Mengão empata com o Cuiabá.

Neste final de semana, Atlético e Flamengo enfrentaram os clubes do centro-oeste brasileiro pelo campeonato. Mais foi bem conturbado, ambos reclamam que foram prejudicados por erros de arbitragem.

Entre Atlético MG x Atlético GO, o Galo reclamou de um pênalti não marcado, por um toque de mão do jogador do Goianiense. o Galo já estava à 12 jogos sem saber o que é perder no Brasileirão. Mas ontem sentiu em não ter somado mais três pontos na tabela e continuar mantendo a invencibilidade, perdendo por 2 a 1.

Já o Fla, com o bloqueio do Cuiabá, não conseguiu vencer na rodada. Mas houve reclamações, por um gol de Michael que foi anulado no minutos iniciais.  Com o placar, ambos somam 1 ponto e a diferença do líder para o vice é de 10 pontos.

Atlético MG

O alvinegro jogou fora de casa no Castelo do Dragão, em Goiás, mas isso não intimidou o Galo nos minutos iniciais, e mantinha a pressão constante pra cima do xará de Goiânia.

Aos 5min, Nathan Silva cruzou a bola que em seguida gerou um lance polêmico. O arbitro não marcou o pênalti por toque na mão do jogador do Goianiense, o VAR analisou o lance e na interpretação do juiz, o braço estava junto ao corpo, sendo assim marcando arremesso lateral.

Mas o galo desperdiçou muitas chances de gol, houve muitas finalizações pra fora. O primeiro gol veio as 13min do segundo tempo, com a cobrança de escanteio de Nácho Fernández na cabeça de Nathan Silva que marca.

Aos 20min, numa jogada iniciada pelo Marlon Freitas que faz um passe esticado para Janderson que chega de primeira, com a saída errada de Everson.

Com a entrada de Dylan Borrero, o Galo voltava a pressionar, mas mesmo assim o Goianiense marcou o segundo com mais uma participação do Marlon Freitas, a bola sobra no pé de Oliveira que estava sozinho. Resultado, 2 a 1 para o Atletico GO.

Flamengo

O Flamengo protagonizou um jogo de ataque contra defesa diante do Cuiabá, neste domingo no Maracanã. Dentro de casa, o time carioca pressionou o tempo todo, mas faltou precisão para marcar e sair com a vitória. A partida acabou em 0 a 0.

Ao fim do jogo, o técnico Renato Gaúcho reclamou da não marcação de pênalti em Vitinho em uma dividida dentro da área do Cuiabá. Para ele, o VAR deveria ter chamado o árbitro Flávio Rodrigues de Souza para verificar o lance.

– Fica difícil. Eu venho falando há muito tempo que o VAR apita os jogos. Não é no jogo de hoje. Eu converso com os árbitros. Em lance duvidoso na área, não é o árbitro do VAR que decide se é pênalti ou não é pênalti. Ele tem que chamar o árbitro do jogo. Eu estava no vestiário vendo o lance do Vitinho.

Eu não costumo falar de arbitragem, porque empatamos e vão falar que o Renato está falando da arbitragem. Então, deixo para os especialistas mostrarem o lance e comentarem a cotovelada que o Vitinho tomou no fim do jogo. Se é um lance fora da área, o jogador é expulso. Eu já vi vários jogos que por menos o jogador é expulso. E tem que ser expulso – criticou.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×