Ouro Preto

OURO PRETO: Prefeitura de Ouro Preto concede subvenção às associações musicais do Município

O recurso é da ordem de R$ 20 mil e já está sendo entregue às corporações

Celebrando o Dia Nacional da Cultura, 05 de novembro, a Prefeitura de Ouro Preto repassou, oficialmente, a subvenção social aprovada na Lei nº. 1228 de 2021, relativa ao ano presente, para as sociedades musicais ouro-pretanas. O ato aconteceu na Basílica de Nossa Senhora do Pilar após uma missa em ação de graças à data comemorativa.

Angelo Oswaldo, prefeito de Ouro Preto, reforçou que essa é mais uma meta cumprida do seu governo e espera que esse recurso ajude as corporações musicais a se reorganizarem e se prepararem para a volta das atividades plenas no pós-pandemia. “A cultura é tudo aquilo que nos identifica, que tem essa questão ética, moral, espiritual, material e imaterial, tangível e intangível, tudo aquilo que sobrará depois que nós perdermos tudo! Parabenizo as nossas associações musicais que tiveram a paciência de esperar, mas felizmente estamos entregando essa subvenção em novembro, o mês da música. A música nos eleva, nos robustece, nos faz acreditar que é possível humanizar a humanidade”.

Regina Braga, vice-prefeita, agradeceu a presença de todos e disse que não teria data melhor para essa entrega que o Dia Nacional da Cultura. “As associações musicais são preciosidades da nossa cidade e que essa subvenção possa dar um respiro e esperança neste momento de pandemia e retomada das atividades culturais e turísticas em Ouro Preto”.

A secretária de Cultura e Patrimônio, Margareth Monteiro, está otimista para o próximo ano e com a retomada das atividades em Ouro Preto. “Torcemos para que a partir de 2022 nós possamos ter um trabalho intenso de fomento ao crescimento e desenvolvimento dessa missão que vocês têm de reproduzir e abrilhantar os eventos religiosos e culturais do nosso Município”.

Igor Campos, representante da Sociedade Musical Santaritense, do distrito de Santa Rita de Ouro Preto, disse que essa subvenção é de grande importância para as associações. “Em nome da minha banda e das demais, ficamos muito agradecidos com esse recurso que vem numa hora em que todos nós estávamos precisando. Foi um período em que ficamos muito prejudicados, pois a fonte de renda de uma associação musical são as tocatas, e infelizmente, tudo ficou parado”.

Fábio Gonçalves, representante da Sociedade Musical União Social, do distrito de Cachoeira do Campo, também ressaltou que é muito importante essa subvenção. “É um dinheiro que vai entrar e ajudar muito no desenvolvimento dos nossos trabalhos, desde a formação de novos músicos na nossa escolinha até a compra de instrumentos, uniforme, nos serviços gerais da banda”.

As associações contempladas já foram a Sociedade Musical União Social de Cachoeira do Campo; a Sociedade Musical Senhor Bom Jesus de Matosinhos, Rosário; Banda Euterpe Cachoeirense, de Cachoeira de Campo, a Sociedade Musical Santa Cecília de Rodrigo Silva; a Corporação Musical Sagrado Coração de Jesus e Maria, em Miguel Burnier; a Sociedade Musical Santarritense, em Santa Rita; a Sociedade Musical União de São Gonçalo, em Amarantina; e a Corporação Musical Santo Antônio do Salto – 13 de Junho, no distrito de Santo Antônio do Salto.

A Sociedade Musical Bom Jesus Das Flores, Alto da Cruz, e a Associação Musical Nossa Senhora da Conceição da Lapa, de Antônio Pereira, ainda não receberam a subvenção por não terem entregado a documentação. No entanto, elas terão o prazo até o dia 20 de novembro para que também sejam beneficiadas neste ano. O recurso é da ordem de R$ 20 mil para cada uma das sociedades musicais do Município.

 

 

 

Texto: Nathália Souza// Foto: Ane Souz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×