Geral

PESQUISADORA DA UFOP DESENVOLVE GARRAFA QUE TORNA QUALQUER ÁGUA EM POTÁVEL

Um projeto inovador, com capacidade de impactar a vida das pessoas. Essa é a proposta do Aqualux, criado pela pesquisadora da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Bárbara Gosziniak Paiva. A mestranda em Engenharia de Materiais desenvolveu uma  garrafa capaz de tornar qualquer água em água potável. Com sua criação, Bárbara ganhou o Red Bull Basement Brasil 2021 e agora vai representar o país na final global.

O Red Bull Basement é um programa de incentivo às pesquisas de alunos de diversas áreas de estudo, envolvendo a tecnologia. O Aqualux se destacou entre as 443 equipes inscritas no Brasil. “Eu me sinto muito honrada em ter sido a escolhida brasileira, no meio de tantas ideias incríveis que participaram do programa, e muito feliz por poder desenvolver meu projeto com o apoio da Red Bull”, contou a pesquisadora.

O projeto de Bárbara é uma garrafa portátil para esterilização de água por radiação, com filtro carregado à luz solar. De acordo com a mestranda, “a ideia do projeto surgiu há cinco meses, como um dos pilares do meu mestrado. Eu estudo sobre esterilização de parasitas e radiação e queria aplicar esse estudo em algo que realmente pudesse fazer a diferença na vida das pessoas. Ele ainda está em fase de desenvolvimento, é necessário muita pesquisa para que eu possa garantir seu funcionamento adequado”.

A estudante conta que desenvolveu o Aqualux com o objetivo de contribuir para democratização do acesso à água potável e garantir uma água de qualidade para todos: “O Brasil tem, hoje, cerca de 35 milhões de pessoas que não possuem acesso à água potável. Ao ingerirmos água contaminada podemos contrair diversas doenças. […] foi por isso que desenvolvi esse projeto. A garrafa filtra, esteriliza e refresca a água usando a luz do sol. Com isso, mesmo as pessoas que não tem acesso a energia elétrica podem usar”.

Agora, o Aqualux está em processo de prototipagem e, segundo sua criadora, o próximo passo é avaliar todas as possibilidades de fabricação da garrafa da forma mais acessível possível, para que o objetivo de democratização possa ser cumprido.

A final Global do Red Bull Basement acontece entre os dias 13 e 15, em Istambul. “A minha expectativa é que esse evento traga muito aprendizado para o desenvolvimento do meu projeto. Espero aprender muito nesses três dias de imersão, nos workshops e mentorias que iremos receber. Também vou conhecer os vencedores dos outros 43 países, espero fazer bastante Network por lá. Além de trazer o prêmio para o Brasil”, finalizou a estudante.

Quem quiser conhecer mais e acompanhar o desenvolvimento do projeto, além da participação na competição, pode seguir o perfil no Instagram @team.aqualux, lá Bárbara compartilha mais detalhes de sua pesquisa.

 

 

 

 

Fonte: O liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×