CHUVASItabirito

Apoio aos empresários: Prefeitura de Itabirito e Entidades Integradas iniciam cadastramento de atingidos pelas enchentes

A Prefeitura de Itabirito, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em parceria com as Entidades Integradas (Adesiap, ACE, CDL e Sincovita), deu início nesta terça-feira, dia 18 de janeiro, ao cadastramento das empresas afetadas pelas enchentes e fortes chuvas que atingiram o município no início deste mês.

Os trabalhos foram iniciados com a visita, em grupos, dos agentes de cadastramento aos estabelecimentos da Região Central e adjacências. Um dos grupos percorrerá o trajeto a partir da Avenida Queiroz Junior, nas proximidades da Escola Estadual Engenheiro Queiroz Junior, no bairro Santo Antônio. O outro iniciou o trajeto na Rua Dr. Guilherme, nas proximidades do Complexo Turístico da Estação.

Cadastro - Empresários (5)

O cadastro tem como objetivo mapear os prejuízos causados pelas fortes chuvas e enchentes, além de reunir dados visando à concessão de benefícios aos afetados. Os trabalhos acontecerão até a próxima semana, das 9h às 18h.

Agendamento de visita dos agentes

No caso dos estabelecimentos que estavam fechados no momento da visita, a presença dos agentes deverá ser agendada por meio dos seguintes telefones: (31) 99065-5694 e (31) 99069-7987.

Cadastro - Empresários (4)

Estabelecimentos afetados fora da Região Central e adjacências também deverão entrar em contato visando ao agendamento de visita.

Projeto de lei de apoio aos afetados

A Prefeitura apresentou à Câmara nessa segunda-feira, dia 17, projeto de lei para garantir apoio a famílias, profissionais liberais e comerciantes afetados. O projeto prevê a concessão de auxílio e benefícios fiscais.

O pacote de medidas em prol dos afetados inclui isenção e remissão de IPTU e das taxas referentes ao alvará de 2022, bem como das taxas de água e esgoto referentes aos meses de janeiro e fevereiro. Também estão previstos auxilio de R$ 20 mil a empresários, profissionais liberais e comerciantes – exceto empresas que tiverem cobertura por seguro próprio – e de R$ 10 mil a famílias e agricultores familiares, considerando os critérios a serem definidos em norma regulamentar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×