GeralItabirito

Secretário de Meio Ambiente fala sobre retirada de galhadas no Rio Itabirito

O secretário municipal de Meio Ambiente, Fred Leite, falou com o Sou Notícia sobre a retirada de galhadas do Rio Itabirito, durante uma abordagem em um serviço que está sendo feito nesta quinta-feira (19), nas proximidades da Praça dos Imigrantes.

“O Rio Itabirito são as veias do coração de Itabirito. A máquina é uma Fibria. Ela é própria pra ficar na água e consegue operar com segurança. Estamos aqui hoje fazendo esse trabalho, que começou desde os Gaiolas, na região do Padre Adelmo, e é um trabalho em parceria com as Secretarias de Obras e Meio Ambiente, porque a prefeitura é uma só. Esse trabalho é técnico, muito difícil. Eu estava aqui, inclusive, fazendo alguns registros. E a gente vê que o estrago foi muito grande. É um trabalho demorado que começou alguns meses após as chuvas, porque não podemos simplesmente contratar uma empresa, sem ter um processo licitatório, com segurança. Então, tivemos que fazer todo esse processo para chegar na definição da empresa”, afirmou o secretário.

Fred falou também sobre a importância da população ter consciência ambiental. “Estamos fazendo esse trabalho, nesse ponto que foi muito destruído, que é a região da Praça dos Imigrantes. É bom que fique claro para a população que neste momento está sendo feita a retirada das galhadas; desse material mais grosseiro que ficou represado aqui no rio. Estamos trabalhando também em parceria com as Secretarias de Obra e Urbanismo, para fazer um trabalho mais robusto, que é o desassoreamento do rio. Então, essa obra também já está passando pelos trâmites legais, de aprovação, tudo com a total transparência. Esse aqui é o primeiro momento, de retirada desse material mais grosseiro que ficou aqui; bambus, árvores de grande porte, danos gravíssimos à rede do Saae. Colchão, geladeira. É bom até aproveitar pra falar isso com a população. O trabalho tem que ser em conjunto. Não adianta a Secretaria, a Câmara apoiar e a população ficar de fora do processo. Você, morador das margens, usar o rio como coletor de lixo. Pra isso, tem uma empresa que faz esse trabalho”, enfatizou.

É importante que a população não jogue lixo no rio, destaca o secretário de Meio Ambiente. “O ideal é que a gente trabalhe em parceria. Não podemos jogar nada no rio. Vamos fazer o máximo esforço para despoluir o rio. O Saae já faz um trabalho exemplar, pra recuperar sua rede; pra manter os investimentos pra retirada dos efluentes domésticos e precisamos de todo mundo; Comitê de Bacia, empresas, Câmara, moradores, para que a gente possa melhorar a qualidade ambiental das margens, aumentar a produção de água nas nascentes. Pra isso, está sendo feito o projeto do pagamento dos serviços ambientais. Então, você que tem uma nascente, logo a gente terá uma grande oportunidade pra você receber recurso, por você estar garantindo o serviço ambiental de produção de água; de preservação de nascentes. […] Procure saber como você pode ajudar, para que o Rio Itabirito permaneça vivo. Seja um ente importante da cidade”, finalizou.

O vereador Anderson Martins (MDB), também na condição de repórter nesta entrevista ao secretário Fred Leite, falou sobre o assunto. “Eu costumo dizer o seguinte: a gente critica, mas apresenta a solução. Porque não adianta ficar só criticando; falando igual papagaio e não apresentar solução. Eu critiquei; eu falei que o Rio Itabirito tinha que ser limpo. Agora, eu vim aqui pra dizer: o rio está sendo limpo. Eu fico feliz, porque estamos vendo o pulmão da natureza. Sabemos que o Rio Itabirito saiu da sua calha; do seu curso; invadiu a Praça dos Imigrantes. Ficou numa situação terrível. E agora, a Prefeitura Municipal de Itabirito está trazendo uma resposta imediata. Essa máquina está tirando as galhadas, como diz o prefeito Orlando. Então, cabe a nós agora mostrarmos que está sendo feito o serviço”, pontuou.

“A parte mais alta do bairro Vila Alegra já foi limpa praticamente. Essa máquina, uma retroescavadeira híbrida, boiando em cima do rio. Aí tem gente que fala: ‘Pastor Anderson, você é oposição; está perseguindo o prefeito Orlando.’ Gente, vocês precisam aprender a separar as coisas. Vereador eleito no município; a imprensa, o jornalismo, tem que ser imparcial. Não podemos ficar totalmente voltados a bater palmas quando a pessoa está errada. E não é que está errado. É porque estava demorando demais pra limpar o rio. Agora começou a limpar e eu tenho que mostrar; bater palmas. Não sei quantos milhões estão gastando pra limpar o rio, mas que está limpando, está”, frisou o vereador.

Veja a transmissão ao vivo, realizada na página do Sou Notícia, no Facebook, com as falas do secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável sobre a retirada de galhadas do Rio Itabirito:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×