GeralItabirito

Itabirito: Festival Montanhas e Águas de Minas movimenta distrito de Acuruí

Potência cultural e turística de Itabirito, o distrito de Acuruí foi palco de uma experiência única que movimentou a comunidade no último fim de semana. O Festival Montanhas e Águas de Minas reuniu, entre os dias 13 a 15 de maio, milhares de pessoas, entre moradores locais, turistas e apreciadores de música e comidas típicas.

A cerimônia de abertura do evento, na sexta-feira, dia 13, foi realizada na Associação de Moradores de Acuruí e contou com a presença da comunidade local, autoridades municipais, patrocinadores e organizadores do festival.

“A comunidade de Itabirito e a Prefeitura agradecem os esforços dos organizadores para proporcionarem esse evento. Esperamos que esse seja o primeiro de muitos projetos que possamos desenvolver juntos. Precisamos desses eventos culturais. Eles denotam disciplina e promovem a formação de caráter para os jovens”, destacou o vice-prefeito de Itabirito, Elio da Mata.

Já no palco em frente à Igreja Matriz da Nossa Senhora da Conceição, a abertura foi marcada pela apresentação do resultado do concurso de redação, que premiou o estudante João Gabriel, morador de Acuruí. O palco também recebeu o show de forró da Banda Alcalyno.

Programação diversificada

Com barraquinhas de comidas típicas e música de qualidade, o sábado garantiu uma programação diversificada ao público presente. À tarde, aconteceu a apresentação a céu aberto sobre a Vida dos Tropeiros, com cortejo até a Vila da Montanha. Também foram realizadas feiras de artesanato e gastronomia, além da Queima do Alho, tradição gastronômica dos tropeiros.

Fabíola Cargnino, empresária no ramo da tecnologia e moradora de Belo Horizonte, compareceu ao festival a convite de amigos e se encantou com o evento. “É a primeira vez que eu venho a um evento em Acuruí e, em breve, serei moradora aqui de Itabirito. Estou surpreendida positivamente com o evento, achei organizado, com shows incríveis. Certamente nós vamos voltar porque adoramos”, disse entusiasmada.

Show de Renato Teixeira

A noite de sábado, dia 14, foi abrilhantada com a apresentação do cantor e compositor Renato Teixeira. Com o espetáculo Um poeta e um violão, o artista levou ao público uma viagem emocionante e divertida pela música do interior do Brasil+

“É sempre um prazer quando você começa uma coisa nova, um novo momento, principalmente com a questão da pandemia que parou todo o mundo. O reencontro é sempre muito bonito. O reencontro do artista com o seu público é um momento magnífico, é uma coisa que não tem preço. Estou vivendo uma sensação que poucas vezes passei na vida”, apontou Renato Teixeira.

O artista ainda destacou que já conhecia o município e se sente ligado à região. “Ainda há uma coisa ligada à nossa história. Eu sou do Vale do Paraíba, a Estrada Real também passa por lá em alguns momentos. Já toquei bastante em Itabirito, conheço a casa do Telê Santana. Então é muito legal porque a minha música tem muito a ver com essa região e com Minas Gerais”, afirmou o cantor.

O show agradou ao público que acompanhou a apresentação do artista cantando as músicas do início ao fim. O festival também marcou o retorno dos eventos presenciais.

“Todo evento presencial é a alma do brasileiro. Nós somos pessoas extremamente sociáveis. Estar em Acuruí e principalmente com Renato Teixeira é reunir o útil, o agradável, o histórico e a emoção. Nós somos interior, junção de afeto e troca de experiências. Esse é o melhor momento que estamos tendo depois de dois anos de pandemia”, garantiu a professora municipal, Micheli Santana Lage.

O encerramento do festival, no dia 15, ficou por conta da Orquestra Mineira de Viola Caipira. O último dia do evento ainda contou com pedalada ecológica para contemplação da natureza local, feira de artesanato e gastronomia da comunidade, além de apresentação da banda The Sound.

Sobre o Festival

O Festival Montanhas e Águas de Minas é uma realização da ALCE – Associação Livre de Cultura e Esporte, com produção da New View Entretenimento e Comunicação. Realizado por meio de patrocínio do Fundo Nacional da Cultura pela Lei de Incentivo à Cultura, o Festival também contou com apoio da Prefeitura de Itabirito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×