GeralItabirito

Hemodiálise em Itabirito é pauta na reunião da Câmara Municipal

Na última reunião da Câmara Municipal de Itabirito, realizada nessa segunda-feira (24), foi discutido sobre a possibilidade do serviço de hemodiálise ser feito em Itabirito, evitando o desgaste dos pacientes que precisam ir para outras cidades, para passar pelo tratamento.

A discussão surge após o Sou Notícia ter recebido a reclamação de que, desde quando iniciou-se a pandemia de Covid-19, o almoço servido aos pacientes que fazem tratamento em Mariana foi cortado, sendo substituído pela entrega de lanches compostos por pão de forma e cenoura, alimentação insuficiente e inadequada para quem tem insuficiência renal.

“Lá na cidade de Mariana, está acontecendo algo com os nossos usuários do sistema de hemodiálise. Eles estão comendo pão com cenoura. Ficamos muito chateados com essa situação, porque lá na cidade de Mariana, esse hospital que faz o trabalho de hemodiálise, por lei, tem que servir uma comida de qualidade para as pessoas que ali frequentam. Não é de responsabilidade da Prefeitura de Itabirito, mas é de responsabilidade da Prefeitura de Mariana. E hoje eu fiquei sabendo, durante uma conversa com o prefeito, de que ele está trazendo a hemodiálise para a cidade de Itabirito; que há um processo; que a prefeitura está trabalhando pra isso; e que muito em breve, além da UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), nós também vamos trazer para Itabirito a hemodiálise. Eu fiquei muito feliz, porque já entrei nesta Casa com várias indicações concernentes a isso e nós queremos que quem mora em Itabirito, tenha dignidade em Ouro Preto, Mariana, porque pagamos para isso. Ninguém está lá de graça. Meu papel de legislador é observar esses pontos e trazer qualidade de vida para os usuários do SUS”, afirmou o vereador Anderson Martins.

Ao vereador Anderson Martins, o prefeito de Itabirito, Orlando Caldeira (Cidadania), informou que está olhando a situação e que a Prefeitura de Itabirito está fazendo um esforço para que a hemodiálise possa ser feita na cidade.

O vereador Arnaldo Pereira dos Santos (MDB), presidente da Câmara, também falou sobre o assunto. “Isso que o pastor Anderson traz aqui não é de primeira mão, mas é de primeiro estudo, sobre a possibilidade do nosso município realizar essa hemodiálise. Se a prefeitura conseguir fazer isso, será um marco. Muito melhor do que esse Wilson Sideral que veio fazer show. Se conseguir voltar com a hemodiálise pra cá, Nossa Senhora. Pessoas que estão num sofrimento danado. O sentimento de todos dessa casa é para diminuir o sofrimento dessas pessoas. Se consegue fazer aqui, então, é uma coisa boa pra caramba”, disse o presidente da Câmara.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×