GeralItabirito

Guardas civis municipais de Itabirito socorrem bebê engasgado dentro da sede da instituição

A Guarda Civil Municipal de Itabirito (GCMI) teve uma missão especial no fim da tarde dessa quinta-feira (26). Emanuel, um bebê engasgado, de 1 ano e 4 meses, foi levado por familiares até a sede da instituição, para que os civis pudessem socorrer a criança.

De acordo com a Guarda, em postagem feita na página da instituição no Facebook, o inspetor pegou a criança no colo e realizou a manobra de Heimlich, uma técnica usada para construção de vias respiratórias, método recomendado para esse tipo de ocorrência. Segundo o inspetor, a criança estava com o corpo mole e com dificuldade para respirar.

A GCMI conseguiu reanimar Emanuel e o encaminhou para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itabirito, usando a viatura da ROMU – Ronda Ostensiva Municipal. A criança foi medicada e precisou ficar em observação na UPA.

Em relato feito à GCMI, os pais do bebê, Elimara Lopes Costa e José Elton Moreno Jacinto, agradeceram pela ação da instituição. “Muito obrigada a todos, eu e meu esposo estamos muito agradecido por vocês terem nos ajudado com a graça de Deus. Ao ver meu filho bem, ficamos muito tranquilo, por momento eu achei que meu filho estava sendo levado dos meus braços já sem vida. Vocês foram anjos enviado por Deus, e que Deus sempre guarde vocês no trabalho a cada dia. Só Deus para dar a recompensa vocês pela ajuda”, disse a mãe da criança.

“Em todo tempo de profissão, nunca passei por um momento tão difícil e ao mesmo tempo gratificante, pois fomos abençoados por Deus ter colocado essa criança em nossas mãos, que com com muita calma, técnica, sabedoria, e trabalho em equipe, salvamos a vida desta criança. Esse dia ficará marcado em nossas vidas”, afirmou o Inspetor.
“Temos o compromisso de sempre buscar treinamento e capacitação para nossos agentes, pois nossa profissão faz com que deparamos com todos os tipos de situações e temos que estar preparados para resolver. Exemplo disso foi o fato ocorrido na data de hoje, que graças a capacitação, nossos Guardas Municipais estavam preparados para realizar o procedimento de forma correta, o que resultou em um final feliz, salvando a vida de nosso amiguinho Emanuel”, relata a comandante Fernanda Brito.

Como salvar um bebê engasgado

É possível que pais ou responsáveis consigam salvar a vida de um bebê em casa. Para isso, basta realizar a manobra de heimlich, um método que ajuda a retirar o objeto que está causando o engasgamento.Para fazer essa manobra deve-se:

 

  1. Deitar a criança sobre o braço com a cabeça um pouco mais baixa que o tronco e observar se existe algum objeto em sua boca que possa ser removido facilmente;
  2. Inclinar o bebê, com a barriga sobre o braço, para que o tronco fique mais baixo que as pernas, e dar 5 palmadas com a base da mão nas costas;
  3. Se ainda assim não for suficiente, deve-se virar a criança de frente, ainda sobre o braço, e efetuar compressões com os dedos médio e anular sobre o tórax, na região entre os mamilos, e fazer respiração boca a boca enquanto espera pelo socorro.

Mesmo que com estas manobras tenha conseguido desengasgar o bebê, é recomendado que os adultos estejam atentos a ele, sempre observando-o. Em caso de alguma dúvida, leve-o com urgência a uma unidade hospitalar.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×