GeralItabirito

11ª Conferência Municipal de Saúde é realizada em Itabirito

Com a proposta de discutir as políticas públicas de direito à saúde, a Prefeitura de Itabirito, por meio da Secretaria de Saúde e o Conselho Municipal de Saúde realizou nos dias 10 e 11 de junho a 11ª Conferência Municipal de Saúde. O evento aconteceu no Instituto Federal de Minas Gerais – IFMG Itabirito e reuniu autoridades locais e servidores do setor, além de usuários dos serviços de saúde.

Com base no tema da conferência ‘Os desafios da saúde no enfrentamento de pandemias, endemias e pós-Covid-19’, a palestra temática de abertura foi realizada pela servidora da equipe multidisciplinar, Dra. Cristiana Ceotto Deslandes.

A palestrante destacou os desafios enfrentados na saúde municipal, a partir dos seguintes eixos: atenção primária em saúde; atenção especializada de média e alta complexidade; vigilância em saúde; e gestão de saúde, controle social, assistência farmacêutica e financiamento do SUS.

“A Conferência tem importância enorme para a construção das políticas de saúde. A gente só qualifica os direitos com políticas públicas bem elaboradas, discutidas com toda a população, com a administração pública e com representantes do serviço de saúde municipal”, apontou Cristiana.

A programação do primeiro dia da Conferência contou, ainda, com apresentação cultural da Banda Boa da Apae.

“Com a apresentação realizada pelos alunos da Apae, tivemos a oportunidade de observar como as pessoas com deficiência conseguem ocupar e estar em diversos espaços. Percebemos que vários serviços ofertados pela Prefeitura chegam a essas crianças com deficiência. Muitas delas, inclusive, hoje participam da equoterapia. É possível alcançar esses grupos de variadas formas, seja por meio da Cultura, Saúde, Educação”, afirmou a coordenadora da equoterapia de Itabirito, Ivana Pereira.

Discussão de propostas para o município

As propostas em prol da saúde municipal foram discutidas e definidas, por meio de votação, a partir dos grupos temáticos. A conferência foi encerrada com a realização da plenária final e apresentação das propostas aprovadas.

“A conferência nos proporcionou um momento muito produtivo para a saúde municipal. Também tivemos a oportunidade de expressar o sentimento sobre as nossas vivências enquanto profissionais da saúde após dois anos de pandemia. Acredito que esse período nos trouxe muita responsabilidade e, também, coragem para continuar a enfrentar este desafio contra a Covid-19”, destacou a secretária de saúde, Cleusa Claudino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×