GeralItabirito

Matheus Baldi é citado no Fantástico como um dos responsáveis pelo vazamento do caso Klara Castanho

No último sábado (25), a atriz Klara Castanho revelou que sofreu um abuso sexual e que acabou ficando grávida após a violação. Por não se sentir preparada para cuidar da criança fruto de um estupro, a atriz optou por realizar uma entrega voluntária para adoção, processo previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e um direito garantido por Lei. A revelação veio após a atriz ser vítima de ameaças e ter seu nome como alvo de especulações caluniosas.

De acordo com Fantástico, da TV Globo, exibido na noite desse domingo (26), o jornalista Matheus Baldi, ex-morador de Itabirito, também fundador e ex-proprietário do Sou Notícia, foi o primeiro a divulgar o caso da atriz Klara Castanho na internet. No programa, a jornalista Renata Ceribelli informa que toda a situação pública envolvendo a atriz começou no dia 24 de maio, quando Matheus fez uma publicação em seu perfil no Instagram expondo Klara.

A apresentadora Antônia Fontenelle também foi mencionada na reportagem, por ter feito uma transmissão ao vivo na quinta-feira (23), na qual criticou a atriz pela decisão de entregar o bebê para a adoção, sem mencionar o nome de Klara.

Veja o trecho do programa Fantástico em que o jornalista Matheus Baldi é citado como o primeiro a expor o caso da atriz:

Matheus havia participado, na noite de sábado, do Space do Muka, um popular espaço de conversa no Twitter, comandado pelo jornalista Murilo Ribeiro, ocasião em que negou ter qualquer envolvimento com o caso. Matheus também deu sua versão dos fatos, em uma carta publicada no Instagram.

Nas redes sociais, internautas manifestaram repúdio ao jornalista, após a divulgação de seu nome, no Fantástico, como um dos envolvidos no caso:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
×